Pedale com segurança nas estradas

Andar de bicicleta em rodovias ou estradas movimentadas requer certos cuidados para garantir a segurança. O primeiro conselho é: evite-as. Porém, isso nem sempre é possível. Às vezes, acabamos tendo que enfrentar algum trecho de estradão para chegar a uma

  
  

Andar de bicicleta em rodovias ou estradas movimentadas requer certos cuidados para garantir a segurança. O primeiro conselho é: evite-as. Porém, isso nem sempre é possível. Às vezes, acabamos tendo que enfrentar algum trecho de estradão para chegar a uma estrada menor, mais tranqüila (e quase sempre mais bonita).

Cuidado com estradas estreitas

Cuidado com estradas estreitas

O mais importante: nunca pedale na contra-mão. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, a bicicleta é um veículo como os outros e portanto deve andar na mão correta. E essa lei tem razão de ser: bicicletas andando na contra-mão, mesmo que no acostamento, podem causar uma confusão momentânea nos motoristas e gerar um risco de acidente.

Nunca pedale na contra mão

Nunca pedale na contra mão

Ao pedalar em grupo, mantenha sempre fila indiana. Lembre-se que, em eventualidades, o acostamento pode ser utilizado pelos carros em movimento também. Por isso procure ficar o mais à direita que for possível.

Preste muita atenção em situações em que o espaço da pista pode ficar pequeno, principalmente em estradas de mão dupla. Alguns exemplos destas situações são, veículos em ultrapassagem, caminhões se cruzando em sentido contrário, pontes ou buracos na pista. Nestas ocasiões é muito comum o motorista ignorar o ciclista.

Cuidado também nos trechos de estrada em que a visibilidade dos motoristas é restrita. Em curvas fechadas ou subidas seguidas de descidas, por exemplo, o motorista não sabe se vem algum veículo no sentido contrário e por isso, não pode mudar de pista para manter distância dos ciclistas.

E por último, seja visível. Vista roupas claras e use refletivos na bicicleta. Sinalize sempre suas intenções apontando com os braços suas mudanças de direção.

Dicas
- Para as leis de trânsito, vale o jargão Respeite para ser Respeitado.
- Use sempre o capacete, além de mais protegido você será mais visível e respeitado pelos motoristas.

  
  

Publicado por em

Silvio Barbosa da Silva

Silvio Barbosa da Silva

13/05/2012 20:23:13
Estou aposentado e muito animado a participar dos grupos de passeio ciclístico que há em minha região. Estou lendo tudo que encontro para poder ter uma participação no grupo de modo que não atrapalhe os mais jovens. Gostei das informações que li e peço que me expliquem por que após alguns kilometros as mãos ficam dormentes e doloridas.
Obrigado pelas dicas postadas, me foram muito úteis.
Abraços.

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Olá Silvio, que bom que está animado para pedalar, não se preocupe em atrapalhar os jovens, o bom do cicloturismo é não ter pressa. Sobre a dormência nas mãos, durante a pedalada, procure movimentar sempre os pulsos e os dedos de tempos em tempos para relaxar. Também verifique se o guidão não está baixo demais, provocando excesso de pressão nas mãos (de preferência o guidão deve ficar na mesma linha ou mais alto que o selim). Se não funcionar, o ideal é procurar um profissional em Bike Fit, que vai ajustar a bicicleta às medidas do seu corpo. Boas pedaladas! Abs. Eliana
Mario

Mario

04/03/2011 17:30:44
quanto a observação de ficar mais a direita possível, temos que levar em consideração a acostamento? ou seja devemos andar pelo acostamento ou na faixa de rodagem o mais próximo possível do acostamento?

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Eliana Britto Garcia e Rodrigo Telles

Sempre que houver acostamento devemos andar nele. Caso não haja, devemos andar no bordo da pista