Transpantaneira de bicicleta

Esta é uma boa opção pra quem já está começando a programar as férias de julho. A Rodovia Transpantaneira começa cerca de 15km da cidade de Poconé, no estado do Mato Grosso. É um trecho onde se pode tomar contato com a fauna e a paisagem maravilhosas do l

  
  

Esta é uma boa opção pra quem já está começando a programar as férias de julho. A Rodovia Transpantaneira começa cerca de 15km da cidade de Poconé, no estado do Mato Grosso. É um trecho onde se pode tomar contato com a fauna e a paisagem maravilhosas do local. Desviando um pouco do caminho e entrando pelas fazendas que beiram a estrada, pode-se conhecer uma gente muito especial e hospitaleira. O meio de transporte do Pantanal é por tradição o cavalo. Comitivas de gado são tocadas a séculos desta maneira. Exceto pelo veículo, há muitas semelhanças entre o viajante de bicicleta e a cavalo. Ambos precisam de informações precisas sobre o que vem pela frente, muita água e muitos pontos de apoio, e até a quilometragem rodada por dia pode ser parecida (cerca de 30 a 40 km por dia, o que permite desfrutar o Pantanal com a mesma calma e ritmo locais). Assim, os pantaneiros estão acostumados a receber e tratar muito bem os viajantes e sabem das durezas do caminho.

Vitor Pereira

Vitor Pereira

O percurso não é longo (são 150km de ida) e é totalmente plano, já que cruza a planície pantaneira. Mas está longe de ser um passeio leve. O sol é impiedoso a qualquer época do ano, mesmo nos meses de inverno. Os mosquitos e carrapatos também costumam ser, digamos, selvagens. As pontes, quase 150 ao todo, costumam estar em péssimo estado e não é raro alguma delas cair. É necessário levar todo o equipamento de camping e comida, pois são poucos os pontos de apoio no caminho (e podem ser bastante caros).

Eliana Garcia

Eliana Garcia

Uma última dica é escolher a época de seca, de maio a setembro, quando é mais fácil avistar animais. E nas cheias (época de verão) a estrada pode ficar intransitável.

  
  

Publicado por em