O aeroporto de Saint Maarten

Um aeroporto diferente à beira da praia com aviões pousando rasante em cima dos turistas na areia

  
  
Pouso em Maho Beach
Boeing pousa em San Maarten
Banhista

Nos anos 70 eu assinava a revista Photo que vinha com muitos ensaios de moda e nús femininos, mas uma foto em especial me chamou a atenção. Uma modelo sentada na areia de uma praia paradisíaca no Caribe e um tremendo jato voando bem baixo acima dela. Como este fotógrafo fez esta foto eu me perguntei? Será montagem, tinha até uma sombra perfeita na areia? Custei para descobrir que era o aeroporto de Saint Marteen, uma ilha Franco/holandesa no caribe e sempre quis conhecer este lugar.
Depois, nos últimos anos, surgiram alguns emails com fotos e filmes de aviões pousando e decolando na ilha, que aumentaram ainda mais minha vontade de ir para lá, mas nunca organizei uma viagem.
Em dezembro de 2009 eu estava vendo uma matéria sobre os aeroportos mais incríveis do mundo e ao ver o de Saint Maarten comecei a lamentar que eu não tenha tido oportunidade de conhecê-lo. Uma hora depois o telefone toca e o editor de uma revista me oferece uma viagem justamente para Saint Maarten.

Aeroporto Princesa Juliana

Sincronicidade pensei e fiquei entusiasmado, não só por estar voltando ao Caribe, mas por que eu ia conhecer este incrível aeroporto onde os aviões parecem pousar no mar. Os aeroportos mais antigos possuíam terraços que possibilitavam observar os aviões decolando e pousando, mas à medida que se sofisticaram ficou cada vez mais impossível vê-los de perto e além disto são áreas de segurança máxima. Mas o aeroporto Princesa Juliana, que fica na parte Holandesa da ilha, está numa pequena faixa espremida ente o mar e uma montanha e os Boeing 737 ou os gigantescos Jumbos 747 e o Airbus A340, fazem um vôo rasante na pequena baía da praia de Maho Beach, a poucos metros de altura e tocam a pista do aeroporto a poucos metros adiante. A faixa de areia desta praia é de 15 metros aproximadamente e uma pequena rua a separa da grade da pista do aeroporto. Passados 50 metros da areia os aviões tocam o solo da ilha e já iniciam uma desaceleração brutal para pararem antes do fim da pista, principalmente os gigantes da Boeing e da Airbus.

Airbus A 340
Equipe de TV filma na praia

Avisos de pousos dos grandes jatos
Turista observa a lista de chegada dos vôos
Boeing 747 sequencia 1
Boeing 747 sequencia 2
Boeing 747 sequencia 3

O local é tão perigoso quanto qualquer cabeceira de pista de qualquer aeroporto do mundo, mas não existe qualquer proibição para ficar por ali, os carros circulam livremente pela rua lateral à praia e os banhistas até montam guarda sóis para se banhar e eventualmente observar um Boeing passando por suas cabeças. O bar Sunset, ao lado esquerdo da praia é um dos pontos altos de Maho Beach, a musica toca alto na beira da areia e uma placa na prancha de surf na entrada dele apregoa e incentiva que mulheres de “top less” não pagam a bebida, mas poucas se sujeitam a isto.
Apesar do nome, o atrativo do Bar Sunset não é o por do sol, mas ser o melhor ponto de observação de aviões descendo do mundo. Numa das bordas de uma prancha de surf na entrada há um quadro negro pintado que anuncia diariamente as chegadas dos vôos, para que todos possam saber a hora da chegada dos aviões maiores, de preferência sentados em uma de suas mesas na beira da areia, tomando uma cerveja ou uma Pina Colada. Não há turista em visita à ilha que não dê ao menos uma passadinha ali e a freqüência aumenta ou diminui conforme o gosto do freguês por aviões. Mas nem só de pousos vivem os aviões e logo se descobre que o fascínio maior de alguns turistas é pela decolagem, isto por que os jatos se colocam de costas para o mar a poucos metros da cerca e aceleram tudo para a decolagem. Aqui os turistas se dividem em dois, os que grudam na cerca do aeroporto e chegam a acenar para os pilotos, sendo correspondidos na maioria das vezes e os que permanecem na areia. Os que ficam na cerca se grudam nela para não serem arremessados para longe e levam um jato de ar quente na cara com cheiro de querosene. Os que ficam na praia, além do jato quente do querosene de aviação, levam na cara toda a areia que voa como uma tempestade no deserto em direção ao mar. Alguns são derrubados no chão e a maioria corre o mais rápido para longe dali, de preferência em direção ao Sunset, para lubrificar a garganta cheia de areia. O jato é tão forte que forma ondas no mar e lança areia a muitos metros de distância. Por isto, quando vão decolar os Jumbos 747 e os Airbus A340, a polícia tenta impedir as pessoas de ficarem na cerca e os carros de circularem para evitar que eventualmente virem com a força dos jatos. O ato de observar aviões é fascinante, ver este aparelho que possibilita realizar um dos sonhos mais antigos da humanidade, o de voar, é sempre estimulante. Não há quem ainda não se fascine com um avião voando por suas cabeças. Com certeza os turistas não vão a Saint Maarten por causa do aeroporto, mas que ele é uma das principais atrações da ilha sem dúvida é. Não acredita? Faça uma visitinha por lá! Clique nas fotos para aumentar.
Victor Andrade

top less incentivado
Até os aviões pequenos impressionam na praia
Aviso de perigo na cabeceira
Turistas acenam para os pilotos
Jato de areia na água com a força das turbinas na decolagem
As pessoas correm na praia do jato de areia das turbinas
Pouso quase na praia
O Boeing 737, rasante na praia
  
  

Publicado por em

Alessandra

Alessandra

16/2/2014 10:03:00
qto vc gastou +- com passagens e hotel?

Victor Andrade

Victor Andrade

Na verdade eu viajei a convite e fiz uma reportagem para a revista Proxima Viagem na época (2009). Não gastei nada. Mas a Gol operava com um pacote com a CVC muito barato de R$ 2.500,00 aproximadamente, com passagem e estadia. Certamente este preço já mudou, precisa verificar na CVC.
Jose ramos

Jose ramos

16/8/2013 14:06:55
deve de ser lixado fazer um pouso nesta ilha,porque qualquer dia vai haver um pouso mas é na praia.

Victor Andrade

Victor Andrade

Espero que nunca pousem na praia, nunca aconteceu um acidente lá.
Sílvio Machado

Sílvio Machado

9/4/2012 09:36:35
Deve ser muito louco pousar nesta ilha... melhor que montanha russa...hehehee... Parabéns pela reportagem Victor, belas imagens...

Victor Andrade

Victor Andrade

OI Silvio, de dia deve ser louco mesmo, mas meu voo tanto de ida quanto de volta foi noturno, o que me frustrou bastante por que não vi nada. No entanto o bom mesmo é estar na praia na hora dos pousos e decolagens, a emoção ali é de verdade. Hoje eu vi uma noticia com vídeo no Terra que uma moça foi arremessada da grade até a mureta antes da praia e bateu a cara nesta. Quem se sujeita a ficar na grade a poucos metros da traseira do avião não deve nunca soltar a mão por que o vento é realmente forte. confira abaixo [[http://terratv.terra.com.br/noticias/noticia-do-internauta/5006-410383/aviao-faz-banhista-voar-e-causa-grave-acidente-em-praia.htm|]]
Nina

Nina

15/9/2011 21:10:21
Adoro suas fotos! Seus relatos, então, acho ótimos! Será por ser sua titia mais nova? Nina

Victor Andrade

Victor Andrade

ô Nina, espero que não. Espero que goste por que é bom e gosta mesmo. Gostar por que é Tia não tem nada a ver, rsrsrsrs Abraços
Luiz Maciel

Luiz Maciel

15/9/2011 10:25:33
Grande Victor, bela reportagem. Parabéns. Abs!

Victor Andrade

Victor Andrade

Oi Maciel Obrigado pelo elogio, vindo de você ganha ainda mais importância. Abs
Dorival Moreira

Dorival Moreira

14/9/2011 21:18:57
Esse pouso é muito louco, gostaria de ir lá, mas minha mulher não tem coragem só por causa do pouso.

Victor Andrade

Victor Andrade

Até hoje não aconteceu nenhum acidente e se vocês forem pela GOL/CVC o pouso e decolagem é a noite, ela nem vai ver. Fala para ela deixar de ser boba, sua Leica quer conhecer este lugar, rsrsrsrs