Renata Falzoni

Renata Falzoni fala da sua paixão por bike ao EcoViagem através do AOLVip.

  
  

AOLVip: Boa noite a todos. Estamos online com Renata Falzoni convidada pelo EcoViagem para bater um papo com vocês. Seja bem vinda ao AOL Vip.

Renata Falzoni: Oi boa tarde internautas. O que vocês mandam?

AOLVip: A bike era uma paixão desde criança?
Renata Falzoni: Eu comecei a pedalar com 5 anos. Uso a bicicleta como meio de transporte desde 72. Tenho carro e motocicleta estacionados em casa. Na garagem.

AOLVip: O que faz o Night biker e como faço para participar?
Renata Falzoni: Os night bikers pedalam todas as terças às 21h. Para se cadastrar entre no site www.nighthbikers.com.br Capacete obrigatório. Não paga nada.

AOLVip: Quando foi que você participou da Expedição pela Patagônia?
Renata Falzoni: A Patagônia foi em 86. Saímos em 86 e voltamos em 87.

AOLVip: Quais outros esportes você gosta e/ou pratica?
Renata Falzoni: Eu gosto muito de montanhismo em geral. Escalar, espeleologia (grutas), cannioning Isso dentro de montanhismo. Gosto muito de mountainbike, motociclismo em trilha.

AOLVip: Você mesma escolhe os assuntos de seus programas?
Renata Falzoni: Adoro mergulhar, faço pouco por falta de tempo. Pegar onda. O resto, tudo o que pratico faço a serviço. balonismo (navegação) O que eu não gosto? Não gosto de voar. Eu sempre escolho os assuntos. 100% Tenho o privilégio de mandar no meu nariz. Toda a pauta é feita aqui na minha microprodutora.

AOLVip: Você participaria de uma corrida de aventura?
Renata Falzoni: Ei já participei e participaria única e exclusivamente por dinheiro. hahaha Não gosto de corrida por que corrida me tolhe o direito de parar para filmar o que quero. Essa coisa de não dormir a noite eu não gosto. Não gosto de velocidade máxima. De não ter opção de não dormir de poder parar. Não vejo prazer na corrida. Vejo prazer em experimentar limites.

AOLVip: Qual o melhor lugar em que você pedalou?
Renata Falzoni: Eu posso apontar vários Brasil: Serra da Mantiqueira, Campos do Jordão, Monte Verde Fora do Brasil: Utah no deserto de Moab Um dos passeios em que mais me diverti foi um dentro da cidade de Nova York Foi um final de semana revolucionário fui até o aeroporto de SP pedalando entrei no avião fiz integração de bike com metrô e ônibus que lá é viável saí com a bicicleta montada daqui e voltei com ela montada. Pedalei no caminho de Santiago recentemente e tb foi lindo.

AOLVip: Você já fez viagens só de bike? Como você virou vídeo-repórter?
Renata Falzoni: Fui de Parati até Brasília para falar com o presidente em 98. Os mais longos foram: O caminho de Santiago, Paraty - Brasília, Bariloche - Puerto Montt no Chile, Eu basicamente fabriquei essa profissão essa profissão não existia, em 95 entrei na ESPN Brasil, era fotografa mas sempre quis ir para a Televisão. Provei que dá pra fazer. É possível fazer um programa de vídeo repórter.

AOLVip: Com que idade a bicicleta passou a fazer parte do seu dia-a-dia??? Você foi uma das fundadoras do Nigth Bikers Club do Brasil, onde surgiu o Nigth Club, em que país e ano??
Renata Falzoni: Foi originária na cidade de SP todos os outros formatos são cópias da gente. Somos o nº1 do mundo.Bicicleta em grupo - o indivíduo na coletividade.

AOLVip: O que é exatamente uma biker e vídeo repórter?
Renata Falzoni: A biker seria uma expressão americana para ciclista vídeo repórter é uma pessoa que produz pra televisão com uma câmera na mão, uma única câmera. um biker vídeo repórter, no meu caso, faz tudo isso enquanto pedala.

AOLVip: Como participo do night bikers?
Renata Falzoni: Entre no site www.nightbikers.com se cadastre no site.

AOLVip: Quantas horas por dia você pedala?
Renata Falzoni: Eu atualmente tenho pedalado no mínimo e no máximo. Pedalo 2 horas entre 18 e 20h.

AOLVip: Pedalar em meio ao trânsito louco de São Paulo é um grande risco! Quais os maiores problemas que você enfrenta?
Renata Falzoni: O maior risco na cidade de SP ainda é a desatenção do motorista, que não é às vezes intencional. A Faixa da direita geralmente é usada pelos ciclistas, mas os carros, os motoristas não tem consciência disto Não há divulgação desta preferencial do ciclista a direita. É uma desatenção. Outros problemas são os ônibus e táxi. Que dirigem com raiva.

AOLVip: Atividades como montain bike e Nigth Club podem ajudar a sociedade de que maneira?
Renata Falzoni: A ficar menos dependente do veículo automotor, que é um caos um câncer nas sociedades capitalistas as pessoas são dependentes do automóvel, onde o rico poderoso está dentro de um carro e o pobre a pé ou de bicicleta. Enquanto isto acontecer estaremos vivendo em uma cidade totalmente desagradável. Afasta as pessoas de si mesmas e entre elas.

AOLVip: Como o motorista paulistano se comporta ao ver uma mulher pedalando pela cidade?
Renata Falzoni: Inclusive quando vê o homem e como um homem. eles não respeitam, alguns sim, outros atropelam. eu não vejo diferença no tratamento dado ao homem ou mulher ciclistas.

AOLVip: Quais são os melhores endereços na internet para quem gosta de bilke?
Renata Falzoni: Eu tenho uma lista deles grande um deles é www.pedalpower.com.br www.cicloturismo.com.br que tem uma lista de discussão muito boa www.bikemagazine.com.br www.mbe.com.br www.mbe.com.br/tps www.nightbikers.com] www.sampabikers.com.br

AOLVip: Quando você começou a andar de bike, já pensava que isso poderia se tornar uma profissão?
Renata Falzoni: Na verdade não é uma profissão. pedalar pra mim é um prazer. tudo o mais para mim é uma militância. Abro espaço na mídia, uso esse espaço na mídia que consegui para divulgar o mercado de bicicleta.

AOLVip: Onde você treina?
Renata Falzoni: Eu não treino, não sou atleta, não vou a academia, eu trabalho. Pedalo todos os dias como bike repórter, me transporto para o trabalho de bike no final de semana pratico outros tipos de esporte dentro da pauta do meu programa. Não consigo me disciplinar a ponto de treinar.

AOLVip: O seu trabalho proporciona muitas viagens?
Renata Falzoni: Hoje por exemplo deixei de ir para a Ilha de Marajó. Eu não viajo tanto, quanto eu gostaria. Tenho que dividir o meu tempo com a minha família. Mas pintam muitos convites sim.

AOLVip: Como surgiu o convite para fazer um programa de TV?
Renata Falzoni: Ninguém convidou no canal 21 fui convidada pelo Ricardo Kotsoh para montar uma equipe de vídeo repórters o projeto não vingou na época, mas como conseguimos patrocínio o programa vingou no canal21. Na ESPN Brasil, foi uma insistência muito grande2 anos de batalha com o José Trajano o diretor, até que ele cedeu.

AOLVip: É sempre mais difícil para uma mulher dar certo na área de esportes radicais? Rola muito preconceito?
Renata Falzoni: Hum.. O preconceito maior que eu sofri, foi com o formato de jornalismo que eu quis fazer, não sou uma esportista radical e sim jornalista o preconceito foi com a proposta de formato de trabalho.

AOLVip: Uma cidade como São Paulo não tem a menor estrutura para se andar de bicicleta. Quais seriam suas reivindicações e sugestões para a Administração da Marta Suplicy?
Renata Falzoni: 1ª Que se cumpra o Código de Trânsito e as leis da cidade. Tem duas leis que dizem que as novas avenidas assim como as avenidas reformadas devem conter ciclovias. Exemplo de avenidas que estão fora da legislação: Faria Lima, Águas Espraiadas, Paulista, Jacu Pêssego. Existe um projeto arquivado na secretaria do verde e meio ambiente que é o projeto ciclista que prevê uma série de ciclovias na cidade e que não sai do papel. Por outro lado é a sinalização com placas que mostram a preferência do ciclista. Onde as ruas de menor movimento são de preferência do ciclista do cara de cadeira de rodas, skate, patinete. O projeto da Marta, do PT, quer luxo para todos, ou seja, carro para todo mundo e não um sistema cicloviário viável. Toda vez em que conversei com o PT eles se colocaram defendendo que a bicicleta é um objeto de luxo do burguês desculpem.

AOLVip: Você já pedalou pela Europa ou em outro país? Quais seriam as grandes diferenças? O que temos de melhor ou pior?
Renata Falzoni: Na Europa fiz o Caminho de Santiago, Paris, Itália. Nesses países quem atropela os ciclistas não saem impunes. O melhor lugar para se pedalar na Europa é a Alemanha onde as regras são feitas para serem obedecidas por todos, eles respeitam muito não só os ciclistas mas os outros carros também. Aqui no Brasil ainda não existe muita neurose em relação ao acesso as trilhas de mountain bike o acesso aqui é melhor.

AOLVip: Você saberia dizer se algum vereador eleito defende esta idéia e já tem propostas para melhora a vida dos ciclistas?
Renata Falzoni: Todos eles receberam um documento do nightbikers club falando sobre isso e não recebemos resposta até hoje. De um modo geral temos que gritar muito para ter retorno. Estamos preocupados em tirar do papel as leis já arquivadas. No artigo 21, 24, 58 leis que não são aplicadas. A Câmera dos vereadores estão se lixando para nós.

AOLVip: Quais são as dicas de segurança para quem quer pedalar pela cidade?
Renata Falzoni: 1 - Capacete 2 - andar pela direita e respeitar todas as normas de trânsito para ser respeitado 3 - Andar em linha reta e olhar para o olho do motorista e se impor 4- Não ter medo para começar vá pela calçada eu sei que é contra a lei mas já que não respeitam as leis que protegem os ciclistas não são aplicadas 5 - buzina, espelinho retrovisor, e refletivos.
Se quiserem conversar comigo rfalzoni@uol.com.br

  
  

Publicado por em

José Lázaro Fernandes

José Lázaro Fernandes

19/4/2010 15:31:04
Fui à Nova Zelandia e vi que lá ele viajam muito de bicicleta, tem até carreta de bagagem para bicicleta, gostaria de saber se a Renata já pedalou por lá.
Tambem gostaria de saber se o progama sobre os Canyons da Espanha, que ela fez para a ESPN, tem a venda. Eu assisti somente o final.