Abip denuncia postura do deputado Fernando Gabeira

Em carta aberta ao deputado federal Fernando Gabeira, a Abip – Associação Brasileira da Indústria de Pneus Remoldados denuncia a postura do parlamentar carioca,atualmente sem partido, que vem alegando como uma das razões para sua saída do PT decreto

  
  

Em carta aberta ao deputado federal Fernando Gabeira, a Abip – Associação Brasileira da Indústria de Pneus Remoldados denuncia a postura do parlamentar carioca,atualmente sem partido, que vem alegando como uma das razões para sua saída do PT decreto do Presidente Lula que em fevereiro liberou a importação de remoldados do Mercosul.

`É inverdade proposital` dizer que pneus remoldados são pneus usados, afirma a Abip, manifestando seu entendimento de que Gabeira defende os interesses das multinacionais na conhecida Guerra dos Pneus.

`Por que o deputado Fernando Gabeira verbaliza com tanto entusiasmo a mentira de que o Presidente Lula liberou as importações de pneus usados do Mercosul, chegando
a alegar que esta é uma das causas de sua saída do PT?. Como já lhe foi dito repetidas vezes, longe de nos beneficiar, o Decreto 4.592, editado pelo Presidente Lula, vai contra nossos interesses comerciais, pois, afinal, não importamos pneus remoldados, e sim fabricamos pneus remoldados, diz a carta.

Segundo sustenta o presidente da Abip, Francisco Simeão, o deputado tem pleno conhecimento de que o decreto não liberou a importação de pneus usados do Mercosul, e, sim, apenas a de remoldados.

`Ele sabe perfeitamente diferenciar um pneu remoldado de um usado, até porque já recebeu muito material a respeito e já teve a oportunidade de analisar pessoalmente o remoldado da BS Colway, vendido com as garantias de 5 anos contra defeitos de fabricação e para rodar até 80 mil km.

Além de ser aprovado com nota 10 pelo Inmetro`, diz Simeão, também presidente da empresa de Piraquara-PR, conhecida pelos seus premiados programas de responsabilidade social,defesa do meio ambiente e da saúde, o Rodando Limpo e o Bom Aluno.

Ainda sobre os pneus remoldados originários do Mercosul, Simeão frisa que são concorrentes dos que fabricam as indústrias brasileiras associadas à Abip.

`Apenas entendemos que o Presidente Lula não poderia agir de outra maneira depois que o Brasil, por estar errado ao editar a Portaria Secex 08/2000 (que apenas atende às
multinacionais dos pneus), foi derrotado na Câmara Arbitral do Mercosul, em decisão unânime, inclusive com o consciente voto da juíza brasileira que representava o
Governo do Brasil`.

Fonte: Enfoque Assessoria

  
  

Publicado por em