Brasil reforça sua participação na Hora do Planeta

Reunirá milhões de pessoas em parques, ruas, praças e casas em todo o mundo para assistir ao apagar das luzes e transmitir sua mensagem contra as mudanças climáticas

  
  

O WWF-Brasil comemora a adesão do estado do Amazonas no evento global Hora do Planeta 2009. O estado localizado no coração da Amazônia irá apagar as luzes da fachada e interior do Teatro Amazonas, na cidade de Manaus, um importante ícone do norte do país, e do Largo São Sebastião às 20h30 do dia 28 de março, como ato simbólico no combate às mudanças climáticas.

“É uma grande satisfação poder contar com a participação de um estado com a riqueza ambiental do Amazonas na Hora do Planeta. Essa adesão ao ato simbólico representa uma preocupação do estado na mobilização da sociedade pela preservação do meio ambiente”, afirma a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú.

“O Governo do Amazonas não poderia ficar fora dessa iniciativa cujo objetivo é alertar para o problema do desmatamento e das queimadas, principais fontes de emissão de gases de efeito estufa no Brasil. Nosso estado também tem a preocupação com o uso eficiente de energia, previsto nos programas da nossa Lei de Mudanças Climáticas, pioneira no Brasil”, comentou Nádia Ferreira, Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas.

Além dessa importante participação, e da já anunciada adesão do Rio de Janeiro que vai desligar as luzes dos principais cartões-postais da cidade, outros três municípios brasileiros estão empenhados em mobilizar sua população a apagar as luzes de suas casas: Jumirim, no estado de São Paulo, São Geraldo do Araguaia, no Tocantins, e Cametá, no Pará.

Esses três municípios estão entre as 1.189 cidades de 80 países que confirmaram até hoje a participação na Hora do Planeta 2009 – um número que há duas semanas do evento global histórico já superou a meta de adesão de 1 mil cidades e que reflete a vontade da comunidade mundial de influir no futuro do planeta.

A Hora do Planeta 2009 reunirá milhões de pessoas em parques, ruas, praças e casas em todo o mundo para assistir ao apagar das luzes e transmitir sua mensagem contra as mudanças climáticas.

Em Sydney, onde em 2007 aconteceu a primeira Hora do Planeta, todas as balsas do famoso porto da cidade anunciarão com seus apitos o início do evento na Austrália. Enquanto isso, em Melbourne, na praça Federation Square, haverá um concerto com um gerador movido à pedaladas.

Do outro lado do globo, em cidades da Europa, ocorrerão concertos e festas. Na Grécia, por exemplo, os moradores de Atenas se reunirão na Acrópole e receberão instrumentos de percussão para tocarem sob a regência de um maestro, quando as luzes forem desligadas.

No centro de Oslo, voluntários aceitaram o desafio de pedalar para gerar energia e acender lâmpadas, enquanto habitantes de Lisboa jantarão ao ar livre e à luz de velas.

Segundo o diretor executivo da Hora do Planeta, Andy Ridley, esta iniciativa é mais do que um apelo pelo combate ao aquecimento global.

“A Hora do Planeta é uma oportunidade para que a comunidade mundial se expresse em uníssono sobre a questão das mudanças climáticas e, ao mesmo tempo, se reúna para celebrar uma coisa que todas as pessoas têm em comum: o planeta”, declarou Ridley.

“Peço a participação de todos nesse momento histórico, seja unindo-se à multidão numa praça da cidade para assistir o apagar das luzes ou como anfitrião de uma festa no escuro em sua própria casa. Desligue suas luzes, celebre o planeta, aproveite esse momento e vote a favor do Planeta Terra”, convocou Ridley.

Sobre o WWF-Brasil:

O WWF-Brasil é uma organização não-governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações.

O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

Sobre a Hora do Planeta:

A Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour, é uma iniciativa global da Rede WWF sobre mudanças climáticas. No sábado, dia 28 de março de 2009, às 20h30, pessoas, empresas, comunidades e governo são convidados a apagar suas luzes pelo período de uma hora para mostrar seu apoio ao combate ao aquecimento global.

Na primeira edição, realizada em 2007 na Austrália, 2 milhões de pessoas desligaram suas luzes. Em 2008, mais de 50 milhões de pessoas de todas as partes do mundo aderiram à ação. Em 2009, a Hora do Planeta pretende atingir 1 bilhão de pessoas em mil cidades.

Fonte:Del Valle Editoria / Luiz Pedrosa - CDNAssCom

www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em