Cantinho Ecológico protege o meio ambiente na região de São Mateus

Coleta para reciclagem de materiais com difícil reaproveitamento, como óleo de cozinha, pilhas e baterias é realizada na região de São Mateus. Os resíduos são encaminhados para indústria capaz de apr

  
  

Coleta para reciclagem de materiais com difícil reaproveitamento, como óleo de cozinha, pilhas e baterias é realizada na região de São Mateus. Os resíduos são encaminhados para indústria capaz de aproveitar de forma correta tais materiais.

Criado em março de 2007 com o objetivo de estimular o hábito da reciclagem de óleo de cozinha, pilhas e baterias como forma de cuidar da preservação do meio ambiente, o programa Cantinho Ecológico, da Subprefeitura de São Mateus, já recolheu milhares de pilhas e baterias e centenas de litros de óleo de cozinha usado em seus primeiros cinco meses de existência.

Foram recolhidos, nesse período, aproximadamente 56 quilos de pilhas e baterias. O material coletado será encaminhado para a Suzanquim, indústria localizada em Suzano que recicla de forma correta esses materiais.

Descartados sem cuidado, esses produtos agridem o meio ambiente por causa de seus componentes químicos. O Cantinho Ecológico também recebeu 181 litros de óleo de cozinha usado. Como em geral o destino deste óleo seria o ralo da pia da cozinha e, por extensão, os córregos que abastecem a cidade, pode-se dizer que foi evitada a contaminação de 181 milhões de litros de água – cada litro de óleo contamina 1 milhão de litros de água. O óleo recolhido é doado à Cooperativa Nascente do Rio Cipoaba.

A divulgação do Cantinho Ecológico é feita principalmente dentro da própria subprefeitura, aos cidadãos que utilizam seus serviços. Para o sucesso do programa, foi importante a colaboração dos moradores do bairro, que mensalmente levam o material usado à subprefeitura.

A bióloga da Subprefeitura de São Mateus, diz que está sendo feita agora uma divulgação mais ampla do programa, com palestras ministradas nas escolas da região. Ela afirma que a meta da subprefeitura é acabar até o fim do ano com o descarte de óleo nos córregos. “O próprio morador de São Mateus muitas vezes não sabe dos problemas ecológicos da região”.

A divulgação do Cantinho é feita também em outras subprefeituras. A bióloga conta que, após a realização de uma palestra de divulgação do tema em uma escola no Tatuapé, os alunos e a professora decidiram criar um Cantinho na própria escola. “Queremos que essa idéia possa ser copiada em outras regiões”.

Ecológico e rentável

A reciclagem, além de recuperar o meio ambiente, pode ser um ato bastante rentável. Quem comprova é Tereza de Barros, dona de casa que há oito anos faz e vende sabão com óleo de cozinha reaproveitado. Tereza aderiu à idéia para ajudar na higiene das crianças que tinham problemas de piolho.

Com o aumento da procura por esse produto e incentivo do poder público, não apenas outras pessoas foram capacitadas, como também criada a Cooperativa Nascente do Rio Cipoaba, que hoje emprega 16 funcionários. O sabão fabricado pelos cooperados é vendido nas quermesses e eventos da comunidade por um real a unidade. A subprefeitura mantém uma feira de artesanato em sua sede e cedeu um espaço para a fabricação e venda desses produtos.

Serviço:

Cantinho Ecológico – Sede da Subprefeitura de São Mateus

Funcionamento: De segunda à sexta-feira, das 8h às 18h

Endereço: Avenida Ragueb Chohfi, 1.400 – Parque São Lourenço

Telefone: 6919-6119

fonte: Portal da Prefeitura de São Paulo

  
  

Publicado por em