Greenpeace conscientizou sobre a poluição dos mares e SOS Mata Atlântica convidou para um passeio sensorial na floresta

Os visitantes também levaram para casa, em horários pré-definidos, mudas de guanandi, madeira de lei, alternativa ao cedro e ao mogno, amplamente usada na indústria moveleira.

  
  
Entre nessa onda, convidou os visitantes a sentirem como estão os oceanos / Greenpeace

A Adventure Sports Fair, a mais importante feira de esportes e de turismo de aventura da América Latina, que terminou ontem, 7 de setembro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, ofereceu aos visitantes oportunidades para refletir sobre ao sua responsabilidade com a preservação do meio ambiente.

A atividade sensorial promovida pelo Greenpeace "Entre nessa onda", convidou os visitantes a sentirem como estão os oceanos. O público sentiu os efeitos das mudanças climáticas e o aquecimento global, da poluição e da pesca predatória até se deparar com o "mar ideal". A média de visitação, sómente no sábado, foi de 15 pessoas a cada dez minutos.

Outra atividade sensorial foi o "Túnel dos Sentidos", promovida pela SOS Mata Atlântica. Os visitantes entraram de olhos vendados em um túnel onde os seus cinco sentidos são aguçados para que tenham percepção de como é uma floresta.

Os visitantes também levaram para casa, em horários pré-definidos, mudas de guanandi, madeira de lei, alternativa ao cedro e ao mogno, amplamente usada na indústria moveleira.

Além de lições sobre uma relação produtiva com o meio ambiente, a edição 2008 da feira de turismo e de esportes de aventura também foi marcada pelo aumento de atividades interativas, como tanque de mergulho, sala de shaper, parede de escalada, tanque para caiaque, simulador de vela, entre outros. Só na atividade de XBIKE – onde o visitante subiu em uma bicicleta e foi levado, por um mecanismo, a girar 360º por diversas vezes, passaram mais de mil pessoas em três dias de evento.

Fonte: Marcela Ruas

  
  

Publicado por em