Instituto Onda Verde inaugura ecoponto de coleta de óleo de cozinha usado em Caraguá

A partir desta semana, os moradores de Caraguatatuba podem entregar garrafas com óleo de cozinha usado em ecopontos espalhados pela cidade, dentro do Projeto Olhos nos Óleos que integra as ações do CEDS LN.

  
  
Convite do Evento

O coquetel de inauguração do primeiro ecoponto de coleta de óleo de cozinha usado do Projeto Olhos nos Óleos acontece nesta terça-feira, 22 de dezembro, às 18 horas, na Administração do Condomínio Mar Verde/Tabatinga, Rodovia SP-55, Km 85, região norte de Caraguatatuba.

O projeto desenvolvido pelo Instituto Onda Verde integra as ações do CEDS-LN - Centro de Experimentação em Desenvolvimento Sustentável do Litoral Norte SP, que é a infra-estrutura de suporte do diálogo para a sustentabilidade – convênio entre Unisantos, ONGs ambientalistas do ReaLNorte e a Petrobras.

A meta do “Olhos nos Óleos” é coletar 10 mil litros do material por mês e implantar 50 ecopontos na cidade. O coordenador do ecoprojeto, o arquiteto Renê Guibo, afirma que cada litro de óleo que chega ao esgoto polui 12.000 litros de água. Ele espera que com a implantação do projeto, seja reduzida a poluição nos rios e nas praias, otimizados os sistemas de tratamento de esgoto público e alternativos, além de sensibilizar a população, turistas e veranistas da importância deste ato.

Nos primeiros seis meses de ecoprojeto, o óleo comestível descartado será entregue a empresa especializada que o reaproveitará na produção de biodiesel e ração animal. Nesta fase, os moradores serão instruídos com folders, cartazes e outros materiais de divulgação da Campanha. “Queremos que o ecoprojeto seja auto-sustentável, por isso, numa segunda fase, o óleo coletado poderá se tornar um gerador de renda para a população na produção de artefatos artesanais”, confirma Renê Guibo.

O Projeto “Olhos nos Óleos” conta com o apoio da Prefeitura de Caraguatatuba que já coleta óleo usado nas escolas municipais, das Associações Comercial e Empresarial, de Quiosques, dos Engenheiros Arquitetos e Agrônomos da cidade, Sabesp e Sociedades Amigos de Bairro da Cocanha, Mar Verde e outras.

Ecopontos de coleta de óleo de cozinha usado

Condomínio Mar Verde/Tabatinga: Rodovia SP-55, Km 85, Caraguatatuba;

A.E.A.A. - C. (Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Caraguatatuba): Av. Frei Pacifico Wagner, 908, Centro;

APONEC (Associação dos Portadores de Necessidades Especiais de Caraguatatuba): Rua Deodato Alves da Cruz, 215, Indaiá;

Instituto Onda Verde: Travessa Pereira Barreto, 22, Centro;
Posto da Polícia Ambiental: Praça Central na Praia Martin de Sá.

Em janeiro:
Posto Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na Praça de Eventos, durante o Super Verão Caraguá.

Outras informações:
Com o coordenador do projeto Renê Guibo.
Telefones: (12) 3883-6236; (12) 7814-9159 e; (12) 8135-6207.
Acesse: www.institutoondaverde.org ou ongondaverde@uol.com.br

Fonte: Imprensa Ecoadventur

  
  

Publicado por em

Simone gonçalves

Simone gonçalves

27/07/2011 20:10:51
Muito boa a iniciativa de recolher o óleo, mas acho que deveria haver um trabalho de conscientização, principalmente, nas escolas. Se quiserem minha ajuda com palestras sobre educação ambiental estou a disposição, as crianças precisam aprender a importância da sustentabilidade!