Notícias > Ambiente > Ações ambientais > 

O impacto das alterações ambientais na diversidade genética é tema de palestra

O Departamento de Ciências Biológicas da UFSCar promove, no próximo dia 6 de setembro, a palestra "Perda da diversidade genética em populações de cativeiro: uma história supreendente de seleç&ati

5 de Setembro de 2007.
Publicado por Vininha F. Carvalho  

O Departamento de Ciências Biológicas da UFSCar promove, no próximo dia 6 de setembro, a palestra "Perda da diversidade genética em populações de cativeiro: uma história supreendente de seleção balanceadora e purificadora". O palestrante convidado é o australiano Richard Frankham, renomado professor, pesquisador e autor de livros e trabalhos sobre Genética da Conservação.

A temática da palestra, há várias décadas, é tema de pesquisas na UFSCar. O professor Pedro Galetti, do Departamento de Genética e Evolução (DGE), afirma que a pesquisa genética busca conhecer a forma de organização das populações na natureza e as condições genéticas a que estão submetidas com as alterações ambientais.

Os impactos naturais e ações antrópicas têm influência direta na sobrevivência e perpetuação das espécies. A genética é uma ferramenta capaz de avaliar o tamanho desses impactos no contexto genético das populações e monitorar, ao longo do tempo, o comportamento das espécies frente aos impactos. Com essas observações é possível propor políticas de conservação e preservação de animais.

Galetti aponta que os parques nacionais criados para preservação do mico-leão são um exemplo de iniciativa desenvolvida para conter o processo de extinção do animal. No Brasil, os felinos são a espécie mais vulnerável e estão ameaçados de extinção.

O professor completa que toda a cadeia que envolve os animais ameaçados, como predadores, presas e outros tipos de alimentação, também sofrem os impactos.

Para Galetti, políticas de conscientização são ações fundamentais para controlar a ação antrópica. Ele explica que as alterações naturais que promovem a seleção natural das espécies são comuns, mas as ações humanas e as agressões ao meio ambiente estão acelarando o processo de extinção de alguns animais.

A palestra do professor Richard Frankham, que será realizada no dia 6 de setembro, às 10 horas, no Anfiteatro do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da UFSCar, é voltada para alunos, docentes e pesquisadores e não é preciso fazer inscrição.

Fonte: Comunicação Social da Universidade Federal de São Carlos

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

carolinni souza de oliveira alves

 postado: 13/10/2008 15:00:11editar

bom eu gostaria de te dizer que você deixou uma pesquisa bem mais simplificada para podermos entende..
parabéns

 

 

Veja também

Ecogrife lança sacola de tecido natural durante a Campanha "Eu não sou de plástico"Relatório aponta redução do desmatamento e aumento de áreas protegidas

 

editar    editar    editar    883 visitas    1 comentários