Parque da Ilha Grande e Vale doam mudas de espécies da Mata Atlântica

Mais de quatro mil mudas de 20 espécies de plantas nativas da Mata Atlântica vão ser doadas à população pelo Parque Estadual da Ilha Grande (PEIG)

  
  

Mais de quatro mil mudas de 20 espécies de plantas nativas da Mata Atlântica vão ser doadas à população pelo Parque Estadual da Ilha Grande (PEIG), administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Ambiente. Provenientes do viveiro fornecedor do projeto de restauração do ecossistema do parque, em parceria com o Instituto Ambiental Vale, as mudas incluem espécies de árvores frutíferas e de madeiras nobres.

De acordo com o administrador do parque, Gilberto Terra, cada interessado pode levar 10 mudas, que devem ser plantadas na região, de preferência na própria Ilha Grande. As recepcionistas do parque estão preparadas para dar orientações básicas sobre o plantio. Entre as espécies oferecidas estão as de árvores frutíferas, como pitanga, araçá e grumixama, além de espécies nobres, como jatobá e cedro.

- A campanha de doação vai durar até que acabem as mudas. Iniciamos esta semana e o interesse da população é crescente – disse o administrador do parque.

O projeto de restauração da vegetação vem sendo desenvolvido há 2 anos em parceria com o Instituto Ambiental Vale. Até o mês passado foram plantadas mais de 10,3 mil mudas de mais de 60 espécies em várias áreas do parque. O projeto incluiu a construção do viveiro de mudas, que funciona desde 2007 e que utiliza sementes coletadas no próprio parque.

Os interessados no plantio das mudas devem comparecer à sede do PEIG, na Vila do Abraão, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, e preencher um cadastro no Centro de Visitantes, onde pode ser consultada uma relação de espécies e a quantidade permitida para retirada por cada pessoa.

Fonte: Rede de ONG's da Mata Atlântica

  
  

Publicado por em