Parque Nacional das Emas publica novas normas para condutores e guias

O texto estabeleceu três tipos de atrativos: as trilhas guiadas, as trilhas autoguiadas e as atividades monitoradas

  
  
A portaria estabelece, ainda, as documentações que os condutores de visitantes devem apresentar à administração para atuar no parque / ICMBio

Uma portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) acaba de definir as normas e procedimentos para o credenciamento e a autorização da condução de visitantes no Parque Nacional das Emas, emGoiás

. Com as novas diretrizes, a equipe do parque irá recadastrar os condutores e guias de acordo com o texto da portaria.

O texto estabeleceu três tipos de atrativos: as trilhas guiadas, as trilhas autoguiadas e as atividades monitoradas. Desta forma, a contratação de condutores de visitantes no Parque Nacional das Emas continua sendo opcional nas trilhas autoguiadas e passa a ser obrigatória nas trilhas determinadas “guiadas” e nas atividades que exijam a presença de instrutor ou monitor especializado. As atividades incluem trilhas, camping, ciclismo, dentre outras.

O melhor aproveitamento dos parques nacionais pelo turismo também está entre os projetos defendidos pelo ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. “O próprio turista vai ajudar a preservar a natureza e a divulgar uma das nossas maiores vocações que é o potencial do meio ambiente”, ressaltou.

Segundo a pesquisa Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo, 12,8% dos turistas estrangeiros procuram destinos de natureza, ecoturismo e aventura, sendo o segundo maior fator de atração de visitantes estrangeiros depois de sol e praia.

Segundo o ICMBio, embora não seja uma obrigatoriedade, várias unidades de conservação optam por disciplinar a atuação de condutores e incentivar o envolvimento da população da região, estabelecendo as regras e normas para o desenvolvimento da atividade, assim como critérios que assegurem uma capacitação básica comum a todos os prestadores de serviço, avaliando periodicamente seu desempenho.

A portaria estabelece, ainda, as documentações que os condutores de visitantes devem apresentar à administração para atuar no parque. Entre eles estão: cópia de CPF, RG, comprovante de endereço, certificado de curso sobre os atrativos do parque, entre outros.

Outros Parques Nacionais como Serra dos Órgãos (RJ), Itatiaia (RJ), Serra da Canastra (MG) e Fernando de Noronha (PE) também fazem o cadastramento de condutores, disponibilizando ao visitante a opção de contratar ou não o serviço.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: ICMBio

  
  

Publicado por em