ProVárzea pode ser prorrogado por mais um ano, diz coordenador do programa

Belém - O Projeto de Manejo dos Recursos Naturais da Várzea (PrVárzea), previsto para acabar este ano, pode ser prorrogado por mais um ano, segundo informou o coordenador do projeto, Marcelo Raseira. O ProVárzea é uma

  
  

Belém - O Projeto de Manejo dos Recursos Naturais da Várzea (PrVárzea), previsto para acabar este ano, pode ser prorrogado por mais um ano, segundo informou o coordenador do projeto, Marcelo

Raseira. O ProVárzea é uma iniciativa do Instituto Brasileiro dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) que começou em 2000.

Apesar da previsão, Raseira explica que ainda existe um saldo remanescente dos recursos que foram destinados às ações do programa que apóia, capacita e estimula ribeirinhos, associações comunitárias e indígenas a extrair da floresta produtos e meios capazes de alimentá-los e servir como fonte de renda para suas famílias.

"Já estamos em diálogo com alguns doadores sobre a possibilidade de prorrogação do projeto até dezembro de 2008. Ainda temos um saldo remanescente dos recursos que foram destinados ao programa e que podem ser aproveitados no próximo ano, principalmente visando a construção
do Centro de Pesquisa dos Recursos Pesqueiros da Amazônia, o Cepam", revelou Raseira, sem especificar o montante da verba.

O coordenador do ProVárzea informou ainda que agora em setembro haverá uma reunião, em Brasília, entre o Ministério do Meio Ambiente, doadores e a coordenação do programa para tratar desse saldo e responder ao pedido feito para prorrogação do projeto.

Com o apoio do ProVárzea, moradores de 38 municípios do Amazonas e Pará puderam aperfeiçoar e desenvolver atividades tradicionais como artesanatos, produção de queijos, pesca, entre outros, tendo como foco a preservação ambiental.

O sucesso das atividades e o reconhecimento da importância desse apoio foram apresentados por 42 beneficiários dos subprojetos apoiados pelo ProVárzea no 6º Intercâmbio de Iniciativas Promissoras do ProVárzea/Ibama, realizado de 14 até dia 17, na Ilha do Mosqueiro, no Pará.

repórter: Amanda Mota
fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em