Acordo da ONU sobre transgênicos entrará em vigor até setembro

Palau tornou-se o 50º país a ratificar o Protocolo de Cartagena de Biossegurança, o que abre caminho para sua adoção até setembro. Adotado em janeiro de 2000 na Convenção de Biodiversidade, o protocolo regulamenta a transferência, o manuseio e o uso de OG

  
  

Palau tornou-se o 50º país a ratificar o Protocolo de Cartagena de Biossegurança, o que abre caminho para sua adoção até setembro. Adotado em janeiro de 2000 na Convenção de Biodiversidade, o protocolo regulamenta a transferência, o manuseio e o uso de OGMs - organismos geneticamente modificados, com um foco específico na movimentação entre países.

Segundo ele, exportadores de transgênicos devem fornecer informações ao importador sobre características e riscos do produto. Além disso, os OGMs devem passar por uma avaliação de problemas que possam causar.

De acordo com o protocolo, essa avaliação deve ser custeada e apresentada pelo exportador, se a parte importadora assim o exigir.O acordo é visto como uma vitória dos ambientalistas, porque reconhece que os transgênicos representam riscos para a saúde humana e do ecossistema.

Já os defensores dos OGMs, liderados pelos Estados Unidos, argumentam que a biotecnologia aumenta a produção de alimentos em um mundo que luta contra a fome, mas são contra o controle rígido de sua comercialização.

No Brasil, uma proposta de adesão foi enviada pelo Executivo ao Congresso em maio, mas ela ainda não foi discutida pelos parlamentares. O primeiro encontro dos países que ratificaram o protocolo acontece no início de 2004 em Kuala Lumpur, na Malásia.

Fonte: Rios Vivos

  
  

Publicado por em