Agenda 21 é tema de encontro em Jaguariuna-SP

Com o objetivo de convidar a população a participar das comissões temáticas que buscam soluções para a melhoria da qualidade de vida do município, a Prefeitura de Jaguariúna estará promovendo, em 17 de março,durante o I Encontro Técnico Social e Ambiental

  
  

Com o objetivo de convidar a população a participar das comissões temáticas que buscam soluções para a melhoria da qualidade de vida do município, a Prefeitura de Jaguariúna estará promovendo, em 17 de março,durante o I Encontro Técnico Social e Ambiental, a implantação da Agenda 21 Local, uma forma de planejar o futuro da cidade com ampla participação da sociedade, buscando soluções para problemas sócio-ambientais, como qualidade de água, destinação de lixo, recomposição da vegetação, política habitacional, etc.

A Agenda 21 Local deverá seguir as metas da Organização das Nações Unidas - ONU -, propostas por mais de 170 países na ECO 92, realizada no Rio de Janeiro, que deverão ser cumpridas até 2015: acabar com a fome e a
miséria, educação básica de qualidade e para todos, igualdade entre os sexos e valorização da mulher, redução da mortalidade infantil, melhoria da saúde das gestantes, combate à Aids, malária e outras doenças, respeito ao
meio ambiente e, detalhe, todos trabalhando em prol de um desenvolvimento sustentável.

O I Encontro Técnico Social e Ambiental será realizado, das 13h30 às 18h, no auditório do Centro de Ensino Público Profissional (CEPEP), localizado à rua Anésia Venturini Zani, 62, Centro.

“Nossa proposta é estabelecer um canal organizado para a participação de formadores de opinião e sociedade em geral, no sentido de buscar políticas que possibilitem a melhoria da qualidade de vida no nosso município”, explica o prefeito de Jaguariúna, Tarcísio Chiavegato.

Ações em Jaguariúna :

Vários municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC) já deram o primeiro passo no sentido de se engajarem às discussões da Agenda 21 Local. Em Jaguariúna, a preocupação em melhorar a qualidade de vida dos moradores vem sendo demonstrada com diversas ações, não só voltadas ao meio ambiente.

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Rita de Cássia Bergamasco, coordenadora do projeto, explica que, entre as ações realizadas, está a Estação de Tratamento de Esgoto – E.T.E. do município, com capacidade para beneficiar 100% da população até o final de 2005.

No mesmo espaço, foi instalado o Centro de Educação Municipal Ambiental ‘Dr. Darcy Machado de Souza’, que oferece um programa educativo junto às escolas e um viveiro de plantas, cuja produção já vem sendo utilizada na urbanização do município.

Ainda, de acordo com a secretária, até meados deste ano, a cidade contará com coleta seletiva de lixo. A administração municipal já promoveu a recuperação total da área onde funcionava o antigo aterro sanitário da
cidade.

“Atualmente, o lixo é levado para o aterro sanitário de Paulínia porque em Jaguariúna não há espaço para destinação adequada”, explica Rita de Cássia, que frisa a importância das ações conjuntas dos municípios da RMC para garantir melhorias que beneficiem as populações de todas as cidades envolvidas no projeto.

Parcerias:

O 1º Encontro Técnico Social e Ambiental de Jaguariúna terá a participação de secretários, vereadores, comunidade, educadores, órgãos fiscais e reguladores, ONGs (Organizações não Governamentais) e
representantes de empresas instaladas na cidade.

Os palestrantes, José Pedro Martins, Paulo Rochedo da Costa e demais convidados abordarão temas relativos à importância, organização e construção da Agenda 21 Local.
Além disto, serão apresentados trabalhos realizados com sucesso nos municípios de Piracicaba e Hortolândia.

A Faculdade de Jaguariúna (FAJ) é uma das parceiras nesta empreitada. Segundo o diretor, José Carlos Pacheco Coimbra, existe uma preocupação, por parte dos dirigentes da FAJ em inserir em seu currículo questões
relacionadas à preservação e recuperação do meio ambiente.

“Nós queremos contribuir com a sociedade nestas discussões que envolvem responsabilidade ambiental e conscientização”, frisa.

A Altana Pharma é outra parceira na implantação da Agenda 21 Local por acreditar na responsabilidade de todos junto à sociedade. A empresa, por exemplo, investiu em instalações modernas para reciclagem de materiais como plástico, papel e metais.

“Somos modelo em gestão ambiental, o que aumenta a nossa responsabilidade junto à comunidade onde estamos atuando”, explica o diretor industrial, Francesco Carnevale.

Programação

10h – Coletiva com a Imprensa - recepção no Cepep ( Centro de Ensino Público Profissional) e visita monitorada ao CEMA

– Centro de Educação Municipal Ambiental- Dr. Darcy Machado de Souza.

12h – Almoço

13h30 – Recepção aos participantes do evento.

14h: cerimonial de abertura – Prefeito de Jaguariúna – Tarcísio Cleto Chiavegato, Agenda 21 de Jaguariúna e José Pedro Martins

14h30: O que é Agenda 21?

Palestrante: José Pedro Martins – jornalista e escritor

15h30: Coffee Break

15h45: Tema: Organização da Sociedade na Construção da Agenda 21 Local: Perdas e Ganhos Sociais, Econômicos e Ambientais.

Abertura: Paulo Rochedo da Costa

EXPOSITORES:

Agenda 21 em Hortolândia

Projeto ONG Promove – Piracicaba 2010

16h45: Agenda 21 em Jaguariúna – Um convite à participação

Coordenação:

Grupo para Agenda 21 de Jaguariúna

18h00: Encerramento

Fonte: Ateliê da Notícia

  
  

Publicado por em