Unesco inclui Galápagos em lista de locais sob risco

Arquipélago equatoriano abriga espécies únicas no mundo A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) incluiu nesta terça-feira as ilhas Gal&a

  
  

Arquipélago equatoriano abriga espécies únicas no mundo

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) incluiu nesta terça-feira as ilhas Galápagos na lista de patrimônios da humanidade ameaçados, para mobilizar apoio pela sua conservação.

Além de colocar as 19 ilhas - que ficam a cerca de mil quilômetros da costa do Equador - na lista de patrimônios ameaçados, a Unesco também incluiu o Parque Nacional de Niokolo-Koba, no Senegal.

Segundo a Unesco, a vida selvagem única do arquipélago está sendo ameaçada pelo crescimento do turismo e pela imigração.

Em abril, o presidente do Equador, Rafael Correa, baixou um decreto que afirma que as ilhas Galápagos estão em risco e define como prioridade nacional a preservação da sua biodiversidade.

Cruzeiros

A Unesco diz que o número de dias passados no arquipélago por passageiros de navios de cruzeiro aumentou em 150% nos últimos 15 anos.

Este aumento teria levado à introdução no arquipélago de espécies estranhas à fauna local.

O arquipélago abriga dezenas de animais e plantas que não podem ser encontrados em nenhum outro lugar do mundo e correm risco de extinção.

Essas espécies inspiraram a Teoria da Evolução desenvolvida no século 19 pelo naturalista britânico Charles Darwin.

Represa

O Parque Nacional Niokolo-Koba, no Senegal, fica nas margens do rio Gâmbia.

As florestas e savanas do parque abrigam uma fauna rica que inclui espécies de antílopes, chimpanzés, leões, leopardos e uma grande população de elefantes, além de inúmeras aves, répteis e anfíbios.

O local está ameaçado pela caça clandestina e pelo projeto de construção de uma represa no rio Gâmbia, a apenas alguns quilômetros do parque.

A lista de patrimônios ameaçados elaborada pela Unesco inclui ainda o sítio arqueológico de Chan Chan, no Peru; monumentos medievais em Kosovo; a cidade antiga em Jerusalém e suas muralhas, entre outros.

Nenhum local no Brasil foi incluído na relação da Unesco.

fonte: BBC Brasil

  
  

Publicado por em