Amazonas será declarado área livre da mosca branca

Dentro de cinco meses, o Amazonas será reconhecido como área livre da mosca branca (Bemisia tabaci). Considerado o único sem ocorrência da praga no país, o estado ganha, a partir de hoje, uma atenção especial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abast

  
  

Dentro de cinco meses, o Amazonas será reconhecido como área livre da mosca branca (Bemisia tabaci). Considerado o único sem ocorrência da praga no país, o estado ganha, a partir de hoje, uma atenção especial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que passa a exigir permissão de trânsito para a entrada de plantas e partes de plantas potenciais hospedeiras da mosca.

A Instrução Normativa nº 20, da Secretaria de Defesa Agropecuária, publicada no Diário Oficial da União (14/4), determina o prazo máximo de 150 dias para a conclusão do levantamento fitossanitário e do monitoramento – que serão realizados pelo Instituto de Desenvolvimento da Amazônia (IDAM), Embrapa e universidades e posteriormente submetidos ao Departamento de Defesa e Inspeção Vegetal (DDIV/MAPA) para reconhecimento oficial.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em