Amazônia pela paz, convoca e faz apelos

Mães da Terra é um grupo que está se formando no Acre, e quer se estender a todas as mães do mundo, para juntas termos força junto aos países para impedirmos que destruam o planeta e ameacem o futuro da Terra, por nossas crianças. A nossa opinião é qu

  
  

Mães da Terra é um grupo que está se formando no Acre, e quer se estender a todas as mães do mundo, para juntas termos força junto aos países para impedirmos que destruam o planeta e ameacem o futuro da Terra, por nossas crianças.

A nossa opinião é que deveremos ter um respaldo jurídico muito maior da ONU para que os países responsáveis por disseminar doenças em toda a terra e prejuizo ao meio ambiente por causa dos uso de armas químicas ou biológicas e os que de alguma forma prejudicarem nosso meio ambiente com armas nucleares , deverão pagar pesadíssimas multas para toda a humanidade, principalmente ´para os países mais pobres e que menos poluem, totalmente endividados e onde os povos passam fome e morrem pela miséria.

Querem lembrar o compromisso da ONU em 1989 em favor das crianças, principalmente em conflitos armados:

Declaração Mundial sobre a Sobrevivência, a Proteção e o Desenvolvimento da Criança

No dia 23 de fevereiro em reunião, criaram o movimento "Amazônia pela paz", "atos dos povos da floresta por um 3° milênio sem guerras".

Programação:

Quarta feira de cinzas : luto com oração e vigília a partir das 18:00horas

Quinta feira: murais com manifestos durante o dia, recolhimento de mensagens e a partir das 18:00horas, orações, manifestações artísticas e de entidades.Vigília.

Sexta-feira, idem, porem será feita a chamada para a vigília da população entre sexta e sábado (dias 7 e 8 de março)com passeatas pela paz de manhã, no dia internacional da mulher.

Chamarão as crianças nas escolas e mães para participarem e levar cada uma, uma flor, cada flor representando uma criança, as quais depositaremos em dois murais simbólicos: um representando Bush, com a bandeira dos EUA, e outro, S.Hussein, representando o Iraque e o povo islâmico,onde eles possam simbolicamente receber as flores, como símbolo das crianças da humanidade que precisam da paz e da misericórdia do coração de cada homem para que a compaixão possa vencer a guerra é uma idéia a ser trabalhada por todos.

Apoio: Rede Minka, DCE, UFAC, Igreja Católica, Movimento dos focolares, Secretaria Extraordinária da Mulher,
Secretaria dos Jovens do Acre,Rede Acreana de Mulheres e Homens, Central de Movimentos Populares, e outros.

Fonte: Grupo Mães da Terra

  
  

Publicado por em