Aracruz assina contrato de financiamento de US$ 50 milhões com a IFC

A Aracruz Celulose anunciou hoje a assinatura de um contrato de financiamento no valor de US$ 50 milhões com a International Finance Corporation (IFC), ramo do Banco Mundial para o setor privado. O financiamento tem prazo de 10 anos. Como parte do pro

  
  

A Aracruz Celulose anunciou hoje a assinatura de um contrato de financiamento no valor de US$ 50 milhões com a International Finance Corporation (IFC), ramo do Banco Mundial para o setor privado. O financiamento tem prazo de 10 anos.

Como parte do processo de concessão do financiamento, a IFC realizou, ao longo dos últimos meses, uma extensa e detalhada análise dos aspectos sociais e ambientais da companhia, visando verificar se a Aracruz atendia às exigências do organismo nessas áreas.

A análise incluiu visitas às áreas de operação e contatos com várias partes interessadas, como governos, ONGs e
comunidades. Envolveu ainda uma análise em separado do Cerflor - Sistema de Certificação Florestal, que também vem sendo utilizado pela Aracruz.

O resultado das verificações foi colocado no website da IFC, para consulta e comentários das partes interessadas, e só depois submetido à aprovação da diretoria da instituição.

O diretor-presidente da Aracruz, Carlos Aguiar, disse que `esse empréstimo é uma oportunidade para o desenvolvimento de uma relação entre a IFC e a Aracruz que proporcionará à empresa uma importante e estável fonte de recursos de longo prazo`.

`Também significa o reconhecimento dos padrões de governança corporativa da Aracruz e de suas práticas ambientais e sociais, que estão adequadas às rígidas exigências da IFC.

Além disso, os termos do financiamento estão de acordo com a estratégia da Aracruz de melhorar o perfil do endividamento`, acrescentou Aguiar.

Peter Woicke, presidente da IFC e diretor-geral do Banco Mundial, comentou que `essa transação se encaixa perfeitamente na estratégia do IFC para o setor florestal, que direciona seus esforços em projetos competitivos que enfatizem a gestão florestal sustentável, as tecnologias ecoeficientes e os investimentos ambientais.

Além disso, nosso investimento irá beneficiar o Brasil, aumentando a competitividade de uma empresa que é um exemplo de eficiência na indústria e gera mais de US$ 1 bilhão em divisas de exportação`.

A Aracruz Celulose é a líder mundial na produção de celulose branqueada de eucalipto e uma das maiores exportadoras do Brasil.

A capacidade nominal de produção de celulose da Aracruz, totalizando 2,4 milhões de toneladas anuais, está distribuída por duas unidades fabris: Barra do Riacho(ES) e Guaíba (RS). Suas operações florestais alcançam os Estados do Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, com aproximadamente 247 mil hectares de plantios de eucalipto, intercalados com cerca de 128 mil hectares de reservas nativas, que são fundamentais para assegurar o equilíbrio do ecossistema.

Fonte: SPS Comunicação

  
  

Publicado por em