MMA reforça investimentos em parques para melhorar fiscalização e turismo

O Parque Nacional das Emas, no sudeste de Goiás, é a primeira UC a receber uma das novas viaturas.

  
  

O Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade entregaram nesta segunda-feira (4) o primeiro dos 77 veículos que serão destinados este ano a 47 unidades de conservação e Centros de Pesquisa em todo o Brasil. O Parque Nacional das Emas, no sudeste de Goiás, é a primeira UC a receber uma das novas viaturas, que serão usadas prioritariamente na fiscalização e manejo de seus 132 mil hectares.

A aquisição representa um investimento de R$ 6 milhões. Os recursos são do ICMBio, dos ministérios do Meio Ambiente e do Turismo e do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). As caminhonetes foram compradas no final de 2008 e a expectativa é que em 10 dias todos os carros sejam entregues.

A aquisição visa, ainda, aparelhar as UCs para incrementar o turismo ecológico no País. Para Minc, o Brasil tem potencial para ampliar o número de visitantes nas unidades de conservação. Ele lembrou que os parques nacionais brasileiros recebem 10% do total de visitantes dos parques norte- americanos. "É preciso difundir a idéia do bom uso das unidades de conservação, com pesquisas científicas, ecoturismo e lazer sustentável", destacou.

O ministro Carlos Minc lembrou que uma das metas do MMA é reforçar o combate aos crimes ambientais e ao uso irregular das áreas de proteção sob a administração do Instituto Chico Mendes. ICMBio é responsável por 300 UCs, que representam um total de 80 milhões de hectares. Segundo Minc, os veículos serão instrumentos de trabalho nas unidades de conservação para proteção das florestas e animais, impedindo que a área se transforme em parque da soja e do bois piratas.

Além das UC, os veículos também serão encaminhados a 11 Coordenações Regionais do ICMBio, ao Centro Nacional de Pesquisas para a Conservação dos Predadores Naturais, ao Centro Nacional de Orquídeas, Plantas Ornamentais, Medicinais e Aromáticas e o Centro de Pesquisa de Répteis e Anfíbios.

Fonte: MMA

  
  

Publicado por em