Parque do Itatiaia, o primeiro do Brasil, inicia comemorações de seus 70 anos

São 70 anos de criação, mas quase 100 anos de histórias que confundem-se com a própria História do Brasil. O Parque do Itatiaia tem muito a comemorar nessas sete décadas de existência. Encrustado na r

  
  

São 70 anos de criação, mas quase 100 anos de histórias que confundem-se com a própria História do Brasil. O Parque do Itatiaia tem muito a comemorar nessas sete décadas de existência. Encrustado na região serrana que divide os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, é o primeiro parque reconhecido pelo governo federal. Criado em 14 de junho de 1937, por meio de decreto do então presidente Getúlio Vargas, suas terras já pertenceram a Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá, grande empresário brasileiro do século XIX.

Nesta quinta-feira (22), será inaugurada uma exposição de ilustrações e fotografias que retratam esses 70 anos. O material poderá ser apreciado, entre 23 de março e 24 de abril, no auditório da unidade do Sesc - Serviço Social do Comércio em Pompéia, no município de São Paulo. O Ministério do Meio Ambiente ainda prepara para junho uma série de atividades para as comemorações do aniversário de fundação do Itatiaia, que faz parte do "Programa de Visitação nos Parques Nacionais", lançado no passado pela ministra Marina Silva.

Dos 62 parques nacionais, 25 foram escolhidos para fazer parte do programa, entre eles o Itatiaia. O objetivo geral do programa é incrementar a visitações por meio da reestruturação dos parques, a fim de promover a recreação, a educação ambiental e o turismo ecológico. Chefe do Parque Itatiaia, Walter Behr destaca: "O Parque do Itatiaia é marco, pois demonstra o início da preocupação dos governos com a preservação". E completa: "Temos de dar continuidade a isso, conciliando a preservação com melhor estruturação para os visitantes". Segundo Behr, o Itatiaia recebe anualmente cerca de 80 mil visitantes. Até 1982, o parque abrangia uma área de 12 mil hectares, que naquele ano foi ampliada para 30 mil hectares.

A origem do nome Itatiaia é indígena. Significa "Pedra Cheia de Pontas", por causa de suas formações rochosas. Seu ponto mais alto chama-se "Mirante do Último Adeus", detém 90 metros de altura. O parque situa-se na parte sudoeste do estado do Rio de Janeiro e no sul de Minas, mais precisamente em dois municípios fluminenses (Resende e Itatiaia) e em três mineiros (Bocaina de Minas, Alagoa e Itamonte). Além do "Mirante do Último Adeus", outras atrações do Itatiaia são o "Lago Azul", a cachoeira "Poranga", a piscina natural do "Maromba" e as cachoeiras "ltaporani" e "Véu de Noiva". A área também abriga riquezas da flora e fauna brasileiras, como pacas, quatis e antas. (MMA)

Fonte: Ambiente Brasil

  
  

Publicado por em