Parque Nacional do Itatiaia é cenário para Encontro de Poesia e Natureza

A exuberante Mata Atlântica presente no Parque Nacional do Itatiaia será o cenário para poetas, artistas plásticos, visitantes e apaixonados por arte durante o I Encontro de Poesia e Natureza do Parque Nacional do Itatiaia. A primeira unidade de conse

  
  

A exuberante Mata Atlântica presente no Parque Nacional do Itatiaia será o cenário para poetas, artistas plásticos, visitantes e apaixonados por arte durante o I Encontro de Poesia e Natureza do Parque Nacional do Itatiaia.

A primeira unidade de conservação do país recebe a partir de amanhã, dia 25/11, centenas de turistas e moradores que participarão das oficinas, apresentações culturais e exposições deste evento que promete se tornar um dos principais eventos de poesia do país e será realizado nos hotéis e também nos pontos turísticos do Parque.

Afinal, são raros os momentos em que podemos interagir com Elisa Lucinda, Viviane Mosé e Hélio Rodrigues, ícones da arte nacional. Mas o encontro também promete surpreender com artistas e literatos da região como o grupo musical “Vinícius de Moraes é demais”, o “Garçom Poeta”, o trio teatral “Sombras” e outros.

O Encontro de Poesia e Natureza tem como objetivo valorizar a poesia e suas expressões artísticas, integrando conceituados profissionais, poetas anônimos, educadores, estudantes, visitantes do parque e público em geral. Através deste evento, hotéis e pousadas do Parque Nacional e entorno estão interagindo, oferecendo ao público, tanto amante da poesia quanto leigo, uma programação bastante variada.

Crianças e adultos poderão participar de palestras sobre poesias, performances, oficina de arte e poesia, oficina de contadores de história, recitais, tours poéticos, show musical, intervenções poéticas (teatro) e oficinas e recreações direcionadas ao público infantil.

Estão programadas mais de 20 atividades que serão distribuídas pelos hotéis, centro de visitantes do Parque Nacional, espaço Ecoartes e alguns pontos turísticos como o Mirante do Último Adeus que terá recitais de duas em duas horas no sábado e no domingo. De 28 a 30 serão organizadas visitas de alunos das rede de ensino para as exposições e oficinas de contadores de história, além da promoção do concurso de poesias.

A programação completa :

Espetáculo de abertura com Elisa Lucinda – recital de uma coletânea de seus poemas mais expressivos e conhecidos do público. Num clima bem leve Elisa conduz a platéia para uma reflexão em torno de temáticas universais: o amor, as relações amorosas, o racismo, o feminismo, as injustiças sociais, os conceitos da sociedade de consumo, as diversas personagens cotidianas que representamos e as surpreendentes relações que estabelecemos com os objetos. Elisa Lucinda faz poesia de tudo e é surpreendente a forma como a platéia se identifica e se emociona e ri de si mesma.

Exposição “Poesia em três dimensões” – São construções escultóricas a partir de poesia. Esta exposição coletiva de artistas convidados para realizarem esculturas a partir da releitura de poesias participantes do Encontro e previamente selecionadas para esta proposta. As obras sobre curadoria, coordenação e orientação de Hélio Rodrigues, já estão expostas nos hotéis do Parque e serão leiloadas após o evento, com renda revertida para entidades assistenciais da cidade.

Exposição “Caricaturas de Poetas” – São caricaturas de poetas de diferentes gerações, reunidas numa mostra, realizada pelo caricaturista resendense Binho.

Exposição “Mário Quintana” – São poesias escolhidas do autor Mário Quintana, impressas em alta qualdiade, que irão compor a exposição.

Exposição “Gentileza, o poeta das ruas” – A mostra reunirá poesias do autor Gentileza, conhecido por morar nas ruas do Rio de Janeiro, compondo poesias e escrevendo-as pelos muros da cidade. Seus versos continuam estampados em viadutos e esquinas e se tornaram patrimônio da humanidade.

Apresentação de Viviane Mosé – A filósofa e poeta Viviane Mosé fará um recital “poesia-filosofia”. Ela irá apresentar um estilo próprio de recitar seus poemas. O que Viviane encena é o espetáculo da palavra: a palavra falada, escrita, argumentada. No poema pensamento de Viviane Mosé, quem entra em cena é a linguagem. Viviane apresentou recentemente um quadro no programa dominical Fantástico, com o tema “Ser ou Não Ser”.

Oficina “Palavra e Plástica” – O orientador será Hélio Rodrigues que tratará a poesia como ferramenta nas artes plásticas. Nas duas oficinas, com duração de 1h30 cada uma, os participantes realizaram atividades propostas pelo artista plástico.

Performance “Canteiro de Obras” – É a leitura prática de uma poesia, seguida de uma construção escultórica a partir dela. Participam desta perfomance, o autor da poesia, o escultor Hélio Rodrigues e o público espectador.

Intervenção poética “Os Sombras” – Três atores caracterizados de “Sombras”, uma espécie de cômico ou palhaço sofisticado que não usa palavras para se comunicar. Artistas perfomáticos que fazem intervenções junto ao público.

“Vinícius de Moraes é demais” – um show teatral envolvendo música e as poesias mais conhecidas e de melhor importância de Vinícius de Moraes.

“De médico, poeta e louco, todo mundo tem um pouco” – Roda de leitura com poetas anônimos, visa abrir espaço para os poetas desconhecidos, pessoas de idades e profissões diversas que terão espaço para mostrar seu trabalho.

“Poeta do improviso” – poeta que circula pelo evento, criando pequenos poemas improvisados, a partir de palavras cedidas pelo público.

Concurso-relâmpago “Poetando” – vários mini-concursos que acontecerão durante todo o evento. Os expectadores que desejarem participar, devem criar pequenas poesias a partir de palavras ou expressões determinadas pelos organizadores do evento.

Exibição do filme “O Carteiro e o Poeta” – Sinopse: numa remota ilha do Mediterrâneo, um carteiro recebe a ajuda do poeta Pablo Neruda a fim de conquistar o amor de sua vida. Com Massimo Troisi e Philippe Noiret. Vencedor do Oscar de Melhor Trilha Sonora.

Exibição do documentário “Poeta de Sete Faces” – A linha mestra deste documentário é retratar a trajetória humana do poeta Carlos Drummond de Andrade, ao mesmo tempo em que investiga, documenta e interpreta os diversos momentos de sua obra. O objetivo é transcender ao mero registro dos fatos da vida, mas mostrar como estes se mesclam nas transformações dos diversos rumos que tomam sua poesia: trata-se portanto de um documentário poético, onde o espírito, o clima e a emoção da arte drummondiana estão sempre presentes, definindo o texto, a imagem, a música, a montagem e o desenvolvimento dramático do filme.

“Tour poético” – passeios por trilhas e caminhos de extrema beleza, tão característicos do Parque, “regados à poesia”. Recitais em locais como o Mirante do Último Adeus, o Centro de Visitantes, a Cachoeira Véu de Noiva, a capela Nossa Senhora do Brasil, o espaço de Arvorismo, entre outros.

Recital – poetas profissionais e anônimos recitam poesias de diversos gêneros e épocas. Os recitais terão curta duração e serão escolhidos locais fechados e ao ar livre, em diversos pontos dos seis hotéis participantes do evento.

“Garçom Poeta” – o garçom poeta, famoso por servir às mesas recitando poesias de sua autoria, estará nos horários de almoço e jantar dos hotéis, passeando pelos restaurantes, recitando e servindo.

Oficinas de Contadores de História e Apresentação de Histórias e Poesias com Helenice Evangelista

Oficina de construção do texto poético com a coordenadora do Curso de Letras do UBM, Maria do Carmo

Fonte: Fernanda Albuquerque Assessoria de Imprensa

  
  

Publicado por em

Esther

Esther

27/04/2010 09:50:18
Eu tenho uma poesia linda sobre Itatiaia, vou colocar um trecho: "o pico das Agulha Negras que maravilha as arvores flores e passaros que harmonia mas nada disso se compara com a Serra Mantiqueira ah que alegria." Poetisa Esther Barbosa Tracina 2010, tenho 12 anos, moro em Merisa

Diana

Diana

04/09/2008 21:00:05
lindo maravilhosa perfect...