Programa de Áreas Protegidas realiza entrega de bens a Parques Nacionais

As unidades de conservação atendidas pelo programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA estão recebendo os primeiros bens adquiridos para a consolidação de sua infraestrutura. A remessa inclui produtos como bússolas, binóculos, equipamentos de localiza

  
  

As unidades de conservação atendidas pelo programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA estão recebendo os primeiros bens adquiridos para a consolidação de sua infraestrutura.

A remessa inclui produtos como bússolas, binóculos, equipamentos de localização via satélite e eletrodomésticos, entregues diretamente aos responsáveis pelas unidades de conservação (UCs).

No total, 13 áreas protegidas serão atendidas por esta primeira remessa.A Estação Ecológica de Maracá, em Roraima, deve ser a última unidade contemplada por este lote, recebendo no dia 26 de abril os bens adquiridos com os recursos doados ao ARPA.

A primeira entrega foi realizada em Macapá dia 12 de abril e atendeu às demandas de três áreas protegidas do estado, dentre elas o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, a maior unidade de conservação de floresta tropical do planeta.

Sobre o ARPA

Com o objetivo de estabelecer 50 milhões de hectares de áreas protegidas em todo o bioma Amazônia no Brasil (área equivalente ao território da Espanha), o programa irá garantir a estrutura e viabilizar a sustentabilidade das áreas em longo prazo.

Para isso, serão investidos US$ 400 milhões ao longo de 10 anos na criação,consolidação e monitoramento de unidades federais, estaduais e municipais.

O Programa Arpa é uma iniciativa do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo Ibama, em parceria com estados e municípios da Amazônia brasileira, o Fundo Global para o Meio Ambiente - GEF, o Banco Mundial, o Banco de Desenvolvimento Alemão - KfW, o WWF-Brasil e o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade - Funbio.

Fonte: WWF-Brasil

  
  

Publicado por em