SKY e WWF lançam campanha no Reino Unido para salvar um bilhão de árvores na Amazônia

O governo do Acre e o WWF-Brasil criarão incentivos para conservar a floresta

  
  

A Sky Reino Unido lançou na quarta-feira (21/10), em Londres, uma campanha com duração de três anos em parceria com o WWF para ajudar a salvar um bilhão de árvores na Amazônia. A campanha, intitulada Salve a Floresta (Sky Rainforest Rescue), tem o objetivo de proteger uma área de três milhões de hectares da floresta no estado do Acre, para ajudar a combater as mudanças climáticas e preservar o habitat e espécies da Amazônia por meio de incentivos às populações que ajudam a proteger a floresta.

O desmatamento está causando mais emissões de gases de efeito estufa do que a soma das emissões dos aviões, trens, navios e carros do mundo. A perda das florestas tropicais também está ameaçando o habitat de mais de 50% das espécies do planeta e o bem-estar de populações que vivem na florestas.

A floresta amazônica é essencial para evitar o perigo de mudanças climáticas, além de abrigar a riqueza da biodiversidade biológica e cultural.

A Sky e o WWF vão mobilizar a população britânica para ajudar a conter essa destruição. As organizações estão incentivando doações por meio do site www.sky.com/rainforestrescue, onde cada £10 (cerca de R$30) ajudam a salvar o equivalente a 500 árvores.

Para dar início ao projeto, para cada libra doada, a Sky irá contribuir com outra libra, até a meta conjunta de £4 milhões (cerca de R$ 12 milhões). O WWF e a Sky também estão mantendo diálogos com agências de financiamento para garantir mais apoio financeiro ao projeto.

Os recursos obtidos da campanha contribuirão para um projeto maior do governo do Acre e WWF-Brasil para conservar 3 milhões de hectares de floresta, que contem aproximadamente 1 bilhão de árvores.

O projeto vai possibilitar mais recursos para vigilância contra ameaças, entre elas o corte ilegal de madeira, e também para o desenvolvimento comunitário por meio do fortalecimento de cadeias produtivas florestais.

A fase inicial será composta pela pesquisa e consulta a comunidades locais, antes do lançamento de um projeto piloto no início de 2010, que será ampliado posteriormente.

Na opinião de Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil, alianças entre ONGs, governos, empresas e cidadãos comprometidos é fundamental para a conservação da Amazônia. “Essa parceria é inovadora e poderá ser um exemplo de modelo para mitigar os efeitos das mudanças climáticas”, afirmou.

Binho Marques, governador do Acre, comentou que 88% do estado estão cobertos por florestas. “Temos sob nossa responsabilidade um precioso recurso global. Nosso objetivo é assegurar o desenvolvimento de um modelo sustentável para a conservação que atenda às necessidades de nossas comunidades tradicionais. A campanha é determinante para podermos alcançar essa meta”, concluiu.

Empresas e meio ambiente

O projeto faz parte de um novo conjunto de compromissos da Sky no Reino Unido para ajudar a enfrentar as mudanças climáticas, incluindo um orçamento geral para reduzir suas emissões de CO2 em 25% em toda a empresa até 2020.

Além disso, a empresa planeja aumentar a eficiência energética de seus edifícios em 20% e obter 20% da energia consumida em todos os seus prédios em fontes renováveis locais dentro do mesmo horizonte de tempo. Até 2012, a Sky irá reduzir as emissões de carbono de sua frota de vans em 25% (por van) e as emissões geradas pelas viagens dos funcionários a trabalho em mais 20% (por ETI).

A Sky também assumiu o compromisso de cortar o consumo total de energia das caixas do Sky+HD recém-instaladas em 30% até 2012, e irá se articular com 50 de seus fornecedores que mais geram emissões de carbono para ajudá-los a medir sua pegada de carbono e reduzir ainda mais as emissões.

Fonte: WWF

  
  

Publicado por em