Baixa temporada não esfria desembarques internacionais

Entre os últimos meses de janeiro e abril, 2.337.867 pessoas desembarcaram em vôos internacionais no Brasil, o que representa um aumento de 19,94% em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou o desembarque de 1.949.207 passageiros internacion

  
  

Entre os últimos meses de janeiro e abril, 2.337.867 pessoas desembarcaram em vôos internacionais no Brasil, o que representa um aumento de 19,94% em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou o desembarque de 1.949.207 passageiros internacionais.

Só o mês de abril, segundo dados da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), contabilizou a entrada de 491.970 pessoas por meio de vôos internacionais. Um incremento de 9,56% em relação a abril de 2004, com 449.049 pessoas.

Os dados não significam que todos os passageiros são turistas estrangeiros, já que inclui brasileiros retornando ao País. Ainda assim, os números de abril são animadores, pois comprovam que o mercado continua aquecido mesmo na baixa temporada.

`Mesmo depois da temporada de verão estamos conseguindo manter o fluxo de turistas internacionais ao Brasil`, afirma o diretor de Estudos e Pesquisas da Embratur(Instituto Brasileiro de Turismo), José Francisco de Salles Lopes, avaliando: `vivemos uma boa fase no setor, com crescimento expressivo nos momentos e locais onde a promoção está sendo trabalhada`.

Os dados também confirmam um aumento significativo nos vôos charters. Os primeiros quatro meses de 2005 registraram um aumento de aproximadamente 27,6% em relação ao mesmo período de 2004.

Foram 160.593 desembarques, contra 125.865 no ano passado, resultado excepcional para o turismo brasileiro, já que estes fretes transportam exclusivamente turistas estrangeiros.

Balança do Turismo :

A receita gerada pelo turismo internacional entre janeiro e abril de 2005 também representou um incremento em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados do BC (Banco Central), o primeiro quadrimestre de 2005 registrou a entrada de US$ 1,303 bilhão e superou 2004 em 15,41%, quando foi registrado US$ 1,129.

Esse resultado indica um crescimento consistente do ingresso de dólares por meio de gastos de turistas estrangeiros neste ano, chegando a superar o desempenho de 2004, o melhor ano da história do setor. Nos doze meses de 2004, entraram US$ 3,222 bilhões em gastos de visitantes internacionais, recorde atual.Em comparação com 2003, quando entraram US$ 774 milhões, o resultado do quadrimestre de 2005 chega a ser 68,34% superior.

O cálculo do BC inclui as trocas cambiais oficiais e gastos em cartões de crédito internacional. No final do ano, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) também divulga seu cálculo de receita gerada pelo turismo internacional, que inclui ainda gastos não-oficiais.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em