Biotecnologia também se aprende na escola

No primeiro semestre deste ano, a Associação Brasileira de Tecnologia, Meio Ambiente e Agronegócios, Pró-Terra, promoveu a realização de 37 palestras gratuitas sobre biotecnologia para cerca de 2.400 alunos das redes pública e particular de ensino dos est

  
  

No primeiro semestre deste ano, a Associação Brasileira de Tecnologia, Meio Ambiente e Agronegócios, Pró-Terra, promoveu a realização de 37 palestras gratuitas sobre biotecnologia para cerca de 2.400 alunos das redes pública e particular de ensino dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Até o final de setembro, já estão programados a realização de mais 21 encontros com estudantes.

Dentre os temas abordados, destacam-se o plantio, consumo, entre outros aspectos dos transgênicos, a importância da nanotecnologia, emprego de células-tronco de embriões, dentre muitos outros relacionados à biotecnologia.

Segundo o coordenador executivo da Pró-Terra, Benito Iglesias de Garcia, “a cada dia, a procura pelas palestras aumenta. O interesse das escolas e dos jovens por temas relacionados à biotecnologia cresceu muito em 2005. Nossa intenção é ampliar esta ação.

Além das palestras para os alunos, pretendemos oferecer também uma capacitação em biotecnologia para os professores do ensino médio no próximo ano” informa Garcia.

Após a realização das palestras nas escolas, a Pró-Terra disponibiliza fotos dos eventos com os estudantes no Canal Jovem do seu site.

Escolas interessadas em promover palestras sobre biotecnologia podem entrar em contato com a Pró-Terra pelo telefone: (11) 3207-7067 ou pelo fale conosco no site da entidade.

Fonte: Pró-Terra

  
  

Publicado por em