Cães e gatos de Praia Grande, na Baixada Santista-SP, passarão a ter RG

Nos próximos dias, a prefeitura de Praia Grande começará a cadastrar todos os animais de pequeno porte do município. Além de uma ficha de identidade, cães e gatos receberão coleiras e placas de identificação. Em breve, a Secretaria de Saúde Pública (S

  
  

Nos próximos dias, a prefeitura de Praia Grande começará a cadastrar todos os animais de pequeno porte do município. Além de uma ficha de identidade, cães e gatos receberão coleiras e placas de identificação.

Em breve, a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) também deve começar a castração dos animais de rua ou pertencentes a famílias de baixa renda. O objetivo do cadastramento é facilitar o controle de doenças e as campanhas de vacinação desses animais.

O serviço de cadastramento, que está sendo desenvolvido em parceria com a Associação Protetora de Animais de Praia Grande, será feito em todos os bairros da cidade.

"Escolheremos locais como associações de bairros e clínicas veterinárias para iniciarmos o trabalho", disse Mônica Oliveira Rossi, chefe de Divisão de Controle de Zoonoses.

De acordo com a médica, o propósito da ação é conhecer a população de animais por bairro, visando facilitar o serviço de vacinação e controle de doenças, como raiva e outras. Outra medida necessária, segundo Mônica, é a implantação da castração.

"Já está quase tudo pronto para começar esse outro trabalho. Só falta adquirirmos a medicação que será usada nas cirurgias."

O cadastramento também servirá para facilitar a localização dos animais que forem apreendidos, permitindo que os animais permaneçam menos tempo no Canil Municipal.

Quem quiser registrar seu animal poderá procurar, nos próximos dias, sua associação de bairro ou se dirigir ao Serviço Municipal de Apreensão de Animais, que fica na Avenida Roberto de Almeida Vinhas, 3.893, na Vila Antártica.

Os serviços serão gratuitos, mas a castração só poderá ser feita em animais cujos donos não tenham condições de pagar pela cirurgia. A triagem dos cães e gatos será feita pela Associação Protetora dos Animais, por agendamento.

Para isso, é preciso ligar para (13) 9128-7154 e falar com Iva.

Fonte: Mauricio Eirós / Cosmo Baixada Santista

  
  

Publicado por em

Danielle

Danielle

21/08/2011 17:54:22
Sou moradora do Jd. Guilhermina e acho ótima esta atitude. Estão construindo um prédio ao lado do meu onde existe um cachorro Pit Bull que toma conta da construção, e este cachorro, coitado, está sendo muito mau tratado. Eles não lhe dão comida, apenas pão seco, e domingo ninguem dá nada para ele comer. Ele está cheio de feridas na pata traseira, que a gente percebe que foi ele mesmo que se roeu, pois o bichinho está morto de fome. Nem sei dizer
se ele tem agua, e também está com muito frio. Gostaria que alguem tomasse alguma providencia. O predio fica na Rua Gavea, 57.

Vanessa Campos

Vanessa Campos

06/05/2010 20:00:50
DEIXO AQUI A MINHA INDIGNAÇAO.

Sou moradora da Vila Sônia na PRAIA GRANDE. Na rua onde moro tem um Centro de Zoonose, nova, porém inútil. Hoje jogaram todos os animais na rua alegando induto como se os animais fossem presidiarios. MUITOS ACABARAM MORRENDO ATROPELADOS. Agora eu te pergunto para que serve esse LOCAL, para despejar os animais na rua ou para zelar por eles.

Kamylla Gonçal ves

Kamylla Gonçal ves

23/01/2010 20:29:22
Eu acho muito legal essa atitude pq eu so apaixonada por animais... é muito triste ve filhotes abandonados nas ruas sofrendo maus tratos e violencias.. e gostaria mto de participar de uma associação protetora dos animais, é um trabalho muito lindo.. parabens..