Canto e Dança Ritual dos Povos Karajá e Xavante

O Projeto Rito de Passagem - Canto e Dança Ritual Indígena é uma realização do IDETI – Instituto das Tradições Indígenas, uma organização não governamental criada e dirigida por pessoas indígenas com a proposta de divulgar o pensamento, o conhecime

  
  

O Projeto Rito de Passagem - Canto e Dança Ritual Indígena é uma realização do IDETI – Instituto das Tradições Indígenas, uma organização não governamental criada e dirigida por pessoas indígenas com a proposta de divulgar o pensamento, o conhecimento, a beleza e força das culturas indígenas de nosso país promovendo assim uma aproximação maior entre os povos que habitam o Brasil.

Nos últimos três anos o IDETI realizou eventos e projetos em parceria com importantes instituições como TV Cultura, Museu da Imagem e do Som, Folha de São Paulo, Casa de Cultura de Israel, Natura, Parque da Água Branca, Museu da República, Prefeitura de Paulínia e Fundição Progresso.

O Projeto Rito de Passagem - Canto e Dança Ritual Indígena trouxe a riqueza dos rituais tradicionais do pátio das aldeias em apresentações especialmente elaboradas para o espaço cênico.

Em três eventos - 2000, 2001 e 2002, o projeto atingiu um público de cerca de 50 mil pessoas nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, com patrocínio da Enron- América do Sul, Mostra do Redescobrimento, Petrobras e Petroquisa.

Trata-se de um projeto inovador que recria a magia das aldeias com recursos de cenografia, som e luz e ainda garante todos os direitos de autor e de imagem às comunidades parceiras.

Acreditamos que a arte é um caminho de aproximação e de transformação, a frase de um sábio Xavante tem guiado esse nosso trabalho:

`Ninguém respeita aquilo que não conhece. Precisamos mostrar quem somos, a força da nossa cultura. Só assim vão respeitar nosso direito porque vão entender e admirar o que temos.`

Wabuá Xavante:

Estamos agora levando o Projeto Rito de Passagem para outras capitais do Brasil, começando sua itinerância por Goiânia e Brasília com apresentações de canto e dança ritual dos povos Xavante, do Mato Grosso e Karajá, do Tocantins.

A abertura do evento acontece com uma exposição fotográfica de Helio Nobre, montada na Câmara dos Deputados, Galeria do 10o. andar, Anexo IV, no dia 22 de setembro às 18hs e exibição do vídeo A´uwê Uptabi – O Povo Verdadeiro – vencedor do I FICA –Festival de Cinema e Vídeo Ambiental de Goiás.

As apresentações de canto e dança ritual do Projeto Rito de Passagem acontecem na Concha Acústica de Brasília (Orla do Lago) nos dias 26 de setembro (povo Xavante) e dia 27 (Povo Karajá), às 20hs., com a presença de 20 guerreiros de cada povo, apresentando rituais de sua tradição para um público estimado de 5 mil pessoas.

Serão duas apresentações noturnas, às 20hs, e uma diurna para estudantes, com entrada gratuita.Serão realizados ainda debates e oficinas, em parceria provavelmente com a UNB ( a ser confirmado).

O Projeto Rito de Passagem Canto e Dança Ritual Indígena é uma realização do IDETI com patrocínio da Petroquisa e Correios e apoio cultural da Câmara dos Deputados e Secretaria de Estado de Cultura.

Em Goiânia, o projeto tem o apoio da Secretaria Municipal de Cultura com a seguinte programação:

-Dia 19/09/03 – abertura da exposição Etnias no Complexo Cultural Chafariz

-Dia 23/09/03 - ritual Xavante – Jardim Botânico

-Dia 24/09/03 - ritual Karajá – Jardim Botânico

Informações: Fone/fax.: 11- 3277 7850

Fonte: Angela M. Pappiani / Coordenadora Cultural IDETI

  
  

Publicado por em

Diana maria laurenti

Diana maria laurenti

13/05/2009 17:09:49
Maravilhoso trabalho levando a cultura indigena para nós que não temos acesso a cultura indígena.

Fernanda moura

Fernanda moura

15/04/2009 10:00:49
Muito demais! Que iniciativa!