Catálogo traz relação de reservas particulares na Bacia do Alto Paraguai

A cidade de Bonito (MS) é o local escolhido para o lançamento do Catálogo de RPPNs na Bacia do Alto Paraguai – Brasil . A sigla RPPN significa Reserva Particular do Patrimônio Natural, que se trata de uma unidade de conservação privada, criada por seu pr

  
  

A cidade de Bonito (MS) é o local escolhido para o lançamento do Catálogo de RPPNs na Bacia do Alto Paraguai – Brasil. A sigla RPPN significa Reserva Particular do Patrimônio Natural, que se trata de uma unidade de conservação privada, criada por seu proprietário e reconhecida pelo governo.

O Catálogo traz uma relação de 14 reservas particulares registradas oficialmente por órgãos do governo nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, embora informações indiquem a existência de cerca de 30 RPPNs na Bacia do Alto Paraguai. As 14 reservas listadas são reconhecidas por órgãos como secretarias de meio ambiente e Ibama e tiveram sua divulgação concedida por seus proprietários.

A importância dessa iniciativa é proporcionar conhecimento para a população em relação à existência desses importantes núcleos naturais e conscientizar a respeito de sua relevância para a conservação do Pantanal.

O catálogo é uma publicação do Programa Pantanal para Sempre e do WWF-Brasil, com o apoio da Associação de Proprietários de RPPNs do Mato Grosso do Sul (Repams) e tem uma tiragem de 3 mil exemplares.

O lançamento ocorre no dia 18 de junho, às 19h, no Hotel Wetegá, que fica localizado na Avenida Coronel Pilad Rebuá, 679, Centro. No mesmo evento será lançado também o website da Repams (www.repams.org.br).

  
  

Publicado por em