Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca foi inaugurado em Imbituba-SC

A programação científica da VII Semana Nacional da Baleia Franca de Imbituba, 70 quilômetros ao sul de Florianópolis, se encerrou às 11:00 horas do sábado, 20/9, com a inauguração do Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, pelas mãos do preside

  
  

A programação científica da VII Semana Nacional da Baleia Franca de Imbituba, 70 quilômetros ao sul de Florianópolis, se encerrou às 11:00 horas do sábado, 20/9, com a inauguração do Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, pelas mãos do presidente do Ibama, Marcus Barros, na praia de Itapirubá.

A agenda artístico cultural da semana se estendeu noite adentro com shows musicais na praça Henrique Lage, no centro da cidade, cujo ingresso custa um quilo de alimento não-perecível - a arrecadação dos alimentos será destinada às comunidades carentes da região.

O centro será referência nacional para estudos sobre a conservação da baleia franca austral - a eubalaena australis -, cetáceo ameaçado de extinção e que encontra nas águas do litoral catarinense o local adequado para amamentar filhotes e perpetuar a espécie. A organização não-governamental Coalização Internacional da Vida Silvestre, IWC/Brasil, responsável pelo Projeto Baleia Franca, administrará o centro.A baleia franca é a segunda espécie mais ameaçada de extinção do planeta. Em primeiro lugar aparece a baleia franca, no Hemisfério Norte.

A espécie austral existe faz aproximadamente um milhão e meio de anos. Um adulto vive oitenta anos em média. A população de baleias francas é estimada em cerca de sete mil indivíduos e seu ressurgimento vem aumentando de sete a oito por cento ao ano na costa sul brasileira.

Grupos desses mamíferos marinhos, provenientes da Antártida, migram entre junho e novembro para o litoral catarinense em busca de águas mais quentes para a amamentação dos filhotes. Há casos de ritos de acasalamento na região. No último dia doze foram avistadas 111 baleias entre Capão da Canoa, no Rio Grande do Sul, e Palhoça, em Santa Catarina.

No sábado, antes da inauguração do Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, o presidente do IBAMA sobrevoou de helicóptero os 130 quilômetros da Aérea de Proteção Ambiental da Baleia Franca acompanhado pelos biólogos do PBF.

A SNBF foi produzida pela New Millennium Promoções e Eventos em parceria com a Coalizão Internacional da Vida
Silvestre IWC/Brasil e tem apoio da Prefeitura Municipal e da SANTUR - órgão oficial de turismo do Estado de Santa
Catarina.

Fonte: AssCom Ibama

  
  

Publicado por em