Cidades brasileiras disputam para sediar eventos da área ambiental

Uma comissão formada por membros do Ministério do Meio Ambiente, do Itamaraty e da EMBRATUR(Instituto Brasileiro de Turismo) irá escolher uma cidade brasileira para sediar a 8ª Convenção das Partes sobre Diversidade Biológica e o 3º Encontro das Partes da

  
  

Uma comissão formada por membros do Ministério do Meio Ambiente, do Itamaraty e da EMBRATUR(Instituto Brasileiro de Turismo) irá escolher uma cidade brasileira para sediar a 8ª Convenção das Partes sobre Diversidade Biológica e o 3º Encontro das Partes da Convenção do Protocolo de Cartagena ou Biossegurança, previstos para acontecer em 2006.

A EMBRATUR está representada pela gerente de Turismo de Eventos, Vaniza Schuler. Algumas das cidades candidatas que estão sendo visitadas neste momento são Foz do Iguaçu e Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS)

Os eventos têm periodicidade bienal e são esperados para a edição brasileira aproximadamente 6 mil participantes, sendo dois terços desse total estrangeiros. A cidade será escolhida até o final de 2004.

A Conferência das Partes da Convenção Sobre Diversidade Biológica foi instaurada durante a Eco-92 e promulgada em 1998. Assinada por 175 países e ratificada por 168 deles, inclusive o Brasil, não se limitou a tratar somente da conservação e utilização sustentável da biodiversidade.

Ela também abrange o acesso aos recursos genéticos para promover uma repartição justa e eqüitativa dos benefícios gerados pelo seu uso, incluindo a biotecnologia.

A primeira reunião da Conferência das Partes que ratificaram o Protocolo de Cartagena ou Biossegurança aconteceu em Kuala Lumpur (Malásia), em fevereiro deste ano.

O Protocolo é o primeiro acordo internacional que rege a transferência, manejo e uso de organismos vivos modificados por meio da biotecnologia moderna. O tratado busca um comércio internacional de transgênicos mais transparente, através de medidas de segurança de acordo com as necessidades de consumidores, indústrias e, em particular, do meio ambiente. Na ocasião, a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, negociou a vinda do evento para o Brasil.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em