Cientistas dizem ter descoberto cura de gripes violentas

Pesquisadores do Imperial College, de Londres (Inglaterra), dizem que agora são capazes de controlar, com uma droga, a resposta do sistema imunológico à gripe. Estudos anteriores já haviam sugerido que o próprio sistema imunológico pode, às vezes, cau

  
  

Pesquisadores do Imperial College, de Londres (Inglaterra), dizem que agora são capazes de controlar, com uma droga, a resposta do sistema imunológico à gripe.

Estudos anteriores já haviam sugerido que o próprio sistema imunológico pode, às vezes, causar mais problemas do que ajudar quando se trata de gripe. Isso porque ele responde com muita violência a um ataque, impedindo uma recuperação mais rápida.

Em casos extremos, o sistema imunológico acaba atacando o próprio corpo, levando à morte da pessoa.

Influenza A

O estudo, publicado na revista The Lancet no final do ano passado, explicava porque a gripe pode se transformar de um vírus que incomoda num vírus assassino graças ao sistema imunológico.

Tracy Hussell e seus colegas do Imperial College fizeram vários testes em ratos que estavam infectados com o vírus da gripe do tipo `influenza A`.

O tipo `A` é o mais poderoso vírus da gripe. Ele foi o responsável pela gripe espanhola que, em 1919, matou 20 milhões de pessoas em várias partes do mundo.

Muitos especialistas acreditam que é uma questão de tempo até que uma nova epidemia ocorra. Se isso realmente acontecer, é mais provável que isso aconteça a partir de uma mutação do vírus da gripe do tipo `influenza A`.

Fonte: BBC

  
  

Publicado por em