Clínica de tratamento paulistana recomenda consumo de peixe para amenizar enxaquecas

Tratamento desenvolvido por uma clínica paulistana especializada em cefaléias recomenda o consumo de peixes no combate a enxaquecas. A justificativa está no efeito que as substâncias existentes no peixe produzem no cérebro. “Os ácidos graxos ou ó

  
  

Tratamento desenvolvido por uma clínica paulistana especializada em cefaléias recomenda o consumo de peixes no combate a enxaquecas. A justificativa está no efeito que as substâncias existentes no peixe produzem no cérebro.

“Os ácidos graxos ou óleos, provenientes dos peixes, diminuem a tendência das plaquetas do sangue a ficarem aderentes. No caso dos portadores de enxaqueca, essas plaquetas são aderentes além da conta, predispondo a uma tendência do sangue a coagular mais do que o normal. Isso aumenta o risco de obstrução de vasos sangüíneos nesses pacientes”, explica o médico Alexandre Feldman.

Outro fator preventivo, segundo o médico, é que os peixes ajudam a regular a transmissão de sinais das células cerebrais entre si.

“Como a causa da doença é justamente uma alteração nessa neurotransmissão, o peixe ajuda a neutralizar este risco”.

Além disso, estudo realizado pelo Centro de Genética, Nutrição e Saúde de Washington (EUA) indicou as propriedades antiinflamatórias dos ácidos graxos presentes nos peixes e sua utilidade na abordagem terapêutica da enxaqueca.

Fonte: Tribuna Digital

  
  

Publicado por em