Comemoração do Dia da Mata Atlântica terá uma grande mobilização em São Paulo

A Fundação SOS Mata Atlântica realizará uma grande mobilização em São Paulo, amanhã, dia 27, data dedicada a essa floresta, com o objetivo de sensibilizar os deputados federais para a urgência em proteger os últimos remanescentes de Mata Atlântica que res

  
  

A Fundação SOS Mata Atlântica realizará uma grande mobilização em São Paulo, amanhã, dia 27, data dedicada a essa floresta, com o objetivo de sensibilizar os deputados federais para a urgência em proteger os últimos remanescentes de Mata Atlântica que restam no país.

Há onze anos a entidade, ambientalistas e cidadãos lutam para obter a aprovação do Projeto de Lei da Mata Atlântica (PL 3.285/92), que se encontra na pauta de votação do Congresso Nacional.

A manifestação terá início às 11hs no Vale do Anhangabaú, com abertura de uma gigantesca bandeira do Brasil estilizada, para denunciar que "estão tirando o verde da nossa terra". Essa mensagem virou a marca oficial da Fundação SOS Mata Atlântica, desde a sua instituição em 1986.

Estão programados diversos atos, performances, a distribuição de mudas de pau-brasil e de carta aberta à população em defesa da Mata Atlântica. Outro momento será a leitura do manifesto pela Mata Atlântica no Largo São Francisco e na seqüência um Ato de cidadania pela floresta na Câmara Municipal.

Finalizando, será realizado um Ato Solene na Assembléia Legislativa de São Paulo, buscando apoio dos Deputados Estaduais com mensagens pela aprovação do Projeto de Lei 3285/92 para os parlamentares em Brasília. Junto ao monumento das Bandeiras, em frente ao Ibirapuera encerraremos as manifestações.

A iniciativa da SOS representa uma continuidade da ação realizada em Brasília, no dia 8 de maio, durante o 8º.Encontro Nacional da Rede de ONGs da Mata Atlântica, quando 50 parlamentares reforçaram o pedido da Rede assinando uma Moção para a votação urgente do projeto que é o único instrumento legal que garante a conservação, recuperação e uso sustentável dos remanescentes florestais.

Entre os saldos do encontro da RMA, foi estruturada uma política de fiscalização eficiente que impede a continuação dos desmatamentos, além da definição de uma "agenda positiva" para a Mata Atlântica no âmbito do Governo Federal, que deve instituir programas e recursos para sua proteção.

A conquista desses instrumentos junto ao Estado só será fortalecida mediante a participação da população. Para isso, a SOS Mata Atlântica convoca a todos para estarem presentes à mobilização.

A Mata Atlântica é um dos cinco ecossistemas mais ricos e ameaçados do planeta, que originalmente cobria 15% do território nacional que ficou restrito a menos de 7% de sua área original, dividido em fragmentos isolados. Mesmo assim, abriga 70% da população brasileira, protege e regula os mananciais, garante a fertilidade do solo e controla o clima, em mais de 3.500 municípios nos 17 estados brasileiros.

"O compromisso para 27/05 - DIA DA MATA ATLÂNTICA - é mobilizar os paulistas e a sociedade brasileira, para que consigamos a aprovação do Projeto de Lei".

Programação:

11:00 - Concentração no Viaduto do Chá no Anhangabaú.

12h30 - Abertura da bandeira da SOS, de 500 m2, no prédio do Shopping Light e ação dos rapeleiros.

12:45 - Manifestação no Largo São Francisco

13:00 - Leitura da Carta Aberta

15:00 - Ato de cidadania pela Floresta na Câmara Municipal

17:00 - Assembléia Legislativa de São Paulo leitura da Carta Aberta no Plenário.

17:30 - Abertura da bandeira em frente ao Ibirapuera (Monumento das Bandeiras)

Fonte: Ass.Imprensa Fundação SOS Mata Atlântica

  
  

Publicado por em