Criada Associação dos proprietários de RPPNs do MS

Foi criada no dia 26 de novembro a Associação de Proprietários de RPPNs do Mato Grosso do Sul – REPAMS – com o objetivo de somar esforços para a implantação de Reservas e viabilizar a participação deste segmento na elaboração das políticas públicas para o

  
  

Foi criada no dia 26 de novembro a Associação de Proprietários de RPPNs do Mato Grosso do Sul – REPAMS – com o objetivo de somar esforços para a implantação de Reservas e viabilizar a participação deste segmento na elaboração das políticas públicas para o desenvolvimento do Pantanal.

A decisão de criar a Associação é resultado de um encontro promovido pelo WWF-Brasil e Ecodata, reunindo proprietários de Reservas na região do Pantanal, em Corumbá, durante o II Encontro Internacional de Integração Técnico-Científica para o Desenvolvimento Sustentável do Cerrado e Pantanal (Pantanal 2002).

Para o presidente eleito da Associação, Rubens Filinto da Silva, proprietário da RPPN Reserva Ecológica Fazenda Arara Azul, no município de Corumbá, a meta é “usar a representatividade dos proprietários de Reservas para conversar com o Governo sobre temas de interesse do Pantanal e, inclusive, participar dos debates no âmbito do Programa Pantanal/BID”. Além disso, os associados pretendem trabalhar para obter o apoio necessário nas ações desenvolvidas pelos proprietários na conservação do Pantanal”.

Já existem 26 RPPNs - entre estaduais e federais – no Mato Grosso do Sul, totalizando uma área de 136,51 mil hectares. Com a criação da Associação, o trabalho de divulgação e apoio à criação de novas Reservas pode ser ampliado. A Associação está aberta aos interessados e espera crescer com a adesão de novos membros.

Dos vários proprietários de RPPNs que participaram do encontro, escolheu-se os membros da diretoria que terão dois anos de mandato. São eles: Ewerton Brandão Filho, vice-presidente e dono da B’Longale no município de Sete Quedas, Eduardo Coelho, tesoureiro e dono da Rio da Prata em Jardim e Laércio de Souza, secretário e dono da Neivo Pires em Miranda.

As Reservas Particulares do Patrimônio Natural, ou simplesmente RPPNs, são áreas de conservação da natureza em terras privadas. A criação de uma RPPN é um ato voluntário, isto é, o proprietário é quem decide se quer fazer de sua propriedade uma Reserva, sem que isso acarrete na perda do direito de propriedade.

Fonte: Assessoria de Imprensa

  
  

Publicado por em