Seja dono da sua Agência de Viagens Virtual

Notícias > Ambiente > 

Curativo de carvão tem uso aprovado em hospital da Universidade Federal Fluminense

Um curativo de carvão ativado com filtro de papel permeável é uma das várias criações do enfermeiro Charles Antunes da Costa, que há 20 anos trabalha no Huap - Hospital Universitário Antônio Pedro da UFF - Universidade Federal Fluminense. A idéia surg

30 de Maio de 2003.
Publicado por Equipe EcoViagem  

Um curativo de carvão ativado com filtro de papel permeável é uma das várias criações do enfermeiro Charles Antunes da Costa, que há 20 anos trabalha no Huap - Hospital Universitário Antônio Pedro da UFF - Universidade Federal Fluminense.

A idéia surgiu da convivência diária com o sofrimento dos pacientes e os problemas do cotidiano no hospital, que agiram como desafio para que fosse encontrada por ele uma solução que viesse a diminuir a dor alheia e, ao mesmo tempo, fosse econômica e tornasse o trabalho do enfermeiro mais eficiente.

O curativo é destinado ao tratamento de feridas crônicas infectadas, de difícil cicatrização, comuns em pacientes diabéticos, nos que sofrem de má circulação arteriovenosa (decorrente de tabagismo, má alimentação e arteriosclerose) ou em casos de solução de continuidade, isto é, todos os tipos de ferimentos contaminados.

Costa explica que essas são feridas que as pessoas têm durante anos, mas que, com o uso do curativo, cicatrizam em poucos meses. Ele revela que começou a pensar sobre o assunto quando trabalhava na enfermagem da Clínica Médica do Huap, num período de crise financeira da instituição.

Na época, não existia medicamento para ser aplicado nos curativos, e diante dessa dificuldade buscou a alternativa do carvão ativado, embora já existisse um outro produto similar no mercado, mas de custo bastante elevado.

Costa teve, então, a idéia de usar o carvão em um paciente portador de sífilis neurogênica que tinha uma ferida de grande extensão e de odor fétido. Lembrou que sua mãe costumava usar carvão para retirar o cheiro da geladeira.

Ele queria minimizar o problema do odor, e usou o carvão com gaze. Depois testou com tecido de algodão e, finalmente, o que deu melhorresultado, utilizou filtro de papel (usado comumente para coar café). O filtro serviu de barreira para que o carvão não passasse para a ferida. O odor diminuiu e a ferida teve melhora.

Com o resultado positivo, passou a utilizar o método em outros pacientes.O enfermeiro esclarece que o carvão ativado em pó é um produto largamente empregado na área hospitalar, em casos de intoxicação exógena (por líquidos ou remédios), e administrado, por via oral, em crianças e adultos, agindo como absorvente de substâncias tóxicas no trato digestivo.

O curativo de carvão também pode ser usado junto com o óleo de ácidos graxos essenciais e os dois juntos funcionam como facilitadores da cicatrização de feridas crônicas. Essas substâncias tornam o meio de cultura ruim para as bactérias, que deixam de destruir o tecido.

Costa começou a usar o curativo há dois anos e já tratou de mais de duas dezenas de pacientes. Por mês são produzidas de cem a 150 unidades, a um custo de R$ 0,20 cada. O produto é doado porque ainda não é comercializado.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

Sidinei Serafin Bertasso

 postado: 9/11/2008 18:05:18editar

Acredito que tudo o que possa fazer, para aminisar ou até mesmo curar a ferida é válido. Gostaria de obter mais informações sobre a utilização do produto,sua finalidade, concentração, e, técnica a ser ralizada.
Agradeço!!

 

sandra camargo

 postado: 5/2/2009 12:42:32editar

ainda posso usar ele em po com gase

 

Gisele Aurora

 postado: 22/7/2009 11:13:04editar

Parabéns ao Enf Charles, que por anos pesquisou e finalmente conseguiu concluir sua pesquisa. Que ele
possa ser exemplo para outros enfermeiros.

 

Rosana Torres

 postado: 29/8/2009 00:24:28editar

Vc é demais. Admiro pessoas como vc. Sempre buscando alternativas p/ solucionar problemas. Principalmente no mundo em que vivemos, aonde o caos nos cerca a todo instante. Estou fazendo um artigo sobre sustentabilidade no ambiênte hospitalar. Se tiver algo, favor me envie. Irei apresentar um seminário de sustentabilidade hospitalar. Principalmente sobre as energias renováveis.

 

Raphael

 postado: 15/1/2010 16:19:09editar

Queria saber, passo a passo a tecnica para utilização. Sou enfermeiro, isso é bastante valido na nossa profissão.Obrigado

Olá Raphael,

Para obter as informações que precisa, orientamos que entre em contato com o Hospital Universitário Antônio Pedro da UFF - Universidade Federal Fluminense.

Agradecemos o contato,
Equipe EcoViagem

Monica

 postado: 16/2/2011 15:42:01editar

Parabéns pelo sucesso da pesquisa!
A minha mãe sofre destas feridas nas 2 pernas já há 6 anos. Gostaria de saber como eu posso adquirir estes curativos. Obrigada!

 

Mônica

 postado: 5/4/2011 10:46:31editar

Estou terminando meu curso de Tecnico em Enfermagem e estou pensando em fazer minha monografia sobre carvão ativado em curativos. Achei muito interessante mas precisaria de mais informações sobre o assunto.
Obrigada!

 

MAURICIO

 postado: 8/4/2011 04:40:38editar

SEMPRE UTILIZO CARVÃO ATIVADO EM ULCERAS INFECTADAS E TENHO EXITO NA DESODORIZAÇÃO E CICATRIZAÇÃO DAS FERIDAS.
SOU ENFERMEIRO CONHEÇO ESTE PROCEDIMENTO UNS QUINZE ANOS E APROVO, PORQUE CONHEÇO O PRICIPIO ATIVO DO MESMO E SEU MECANISMO DE AÇÃO. OBRIGADO

 

andreia

 postado: 10/12/2011 18:23:47editar

Onde posso conseguir estes curativos? Preciso muito, pois meu pai tem problema de circulação e tem um ferimento horrível no pé que não cicatriza de forma nenhuma. Me ajudem por favor.

 

Geraldo Milagre Mariz

 postado: 30/4/2012 23:10:53editar

Minha mãe ficou internada no Hospital do Servidor Público em São Paulo. Os médicos começaram um tratamento nas feridas de suas pernas com este medicamento. Ela foi para casa e precisa continuar e não estamos conseguindo achar o produto em farmácias. Como poderia consegui-los? Preciso comprá-los urgente. Vocês poderiam me ajudar?

 

ERCILIA DE CASTRO

 postado: 12/5/2012 17:50:22editar

ACHEI A IDÉIA GENIAL, SEMPRE NA MINHA CASA QD PEQUENA O MEU PAI JÁ USAVA O CARVÃO PARA PEQUENOS FERIMENTOS E OS RESULTADOS ERAM SURPREENDENTES. O FECHAMENTO DA FERIDA ERA INEVITÁVEL. CHARLES ADMIRO VC PELA SUA IDÉIA E O DESEJO DE AMENIZAR O SOFRIMENTO ALHEIO. TIRO O CHAPÉU PARA VC E ACREDITO NO SUCESSO DO CARVÃO, LÓGICO QUE HOJE COM GRANDE EVOLUÇÃO. SOU DA ÁREA, E PRETENDO FAZER UM CURSO DE FERIDAS. ACREDITO QUE SE CADA UM PROCURAR FAZER UM POUCO PELO NOSSO SEMELHANTE O RESULTADO SERÁ COM UMA GRANDE NAÇÃO SAUDÁVEL E POUCAS PESSOAS MUTILADAS, ISSO ME DEIXA MUITO MAL. UM GRANDE ABRAÇO.

 

 

Veja também

Instituto Oceanográfico oferecerá cursos que habilitam para navegação e ensinam a mergulharProjeto Genoma do Rio de Janeiro já sequenciou mais de 98% de bactéria da cana-de-açúcar

 

editar    editar    editar    1.114 visitas    11 comentários