Autoridades e Alunos encerram os cursos do Pronager

Com a participação de autoridades presentes e em clima de alegria e realização, aconteceu sábado, dia 19, o encerramento dos cursos do Programa Nacional de Geração de Emprego e Renda (Pronager) que se iniciaram no dia 08 de setembro. Geraldo Marques

  
  

Com a participação de autoridades presentes e em clima de alegria e realização, aconteceu sábado, dia 19, o encerramento dos cursos do Programa Nacional de Geração de Emprego e Renda (Pronager) que se iniciaram no dia 08 de setembro.

Geraldo Marques entregando certificado para participante do curso.

O local escolhido para o encerramento foi o Ginásio de Esportes e contou com autoridades presentes, como o prefeito de Bonito Geraldo Alves Marques, o prefeito de Antonio João e presidente do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa (Cidema) Dácio Queiroz, o representante da Bonito Empreendimentos Odair José da Silva, o diretor do Laboratório do Pronager Walber Santana e equipe, que realizaram o ato solene de encerramento dos cursos juntamente com os 257 participantes do programa.

Composição da mesa no ato solene de encerramento dos cursos do Pronager.

A equipe do Pronager iniciou os trabalhos de divulgação e convite a população bonitense dia 05 de setembro, para o primeiro encontro no dia 08. Com a escolha dos cursos de interesse particular, a primeira etapa iniciou no dia 09 e findou-se sábado, totalizando 41 dias de atividades com os participantes.

Os cursos realizados foram escolhidos pelos participantes que, de acordo com a realidade do município e seus anseios particulares, fizeram opções em áreas de atuação como: recepcionista, violinista, derivados do leite, pedreiro, eletricista, cabeleireiro e manicure, produtos de limpeza, jornalismo comunitário, malharia, artesanato em argila, perfil de projetos, artesanato em madeira e embutidos.

A idealização e o apoio desse projeto, segundo o prefeito Geraldo Marques, se deve à “necessidade de capacitação e qualificação de pessoas que não estão assistidas por algum dos convênios oferecidos pelo Município, Estado ou Governo Federal; pessoas que tem o nível de formação educacional inferior ao primeiro grau; ou que se sentem excluídas em oportunidades de trabalho. Nasce assim, mais um programa de inclusão social, desenvolvido de maneira específica que vem colaborar diretamente com a comunidade”.

O Pronager tem apoio total do Governo Federal através do Ministério da Integração Nacional, e quase todos os Estados brasileiros tiveram a oportunidade de realizar o primeiro laboratório. No Mato Grosso do Sul o Pronager foi realidade em 19 municípios e beneficiou aproximadamente 6.000 pessoas, que participaram ativamente dos cursos preparatórios.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Bonito

  
  

Publicado por em