Ibama consagra modelo de uso sustentável de recursos naturais

A criação da Reserva Extrativista Marinha do Batoque, localizada no Ceará e criada pelo presidente Lula na Semana do Meio Ambiente, consagra definitivamente o modelo de uso sustentável dos recursos naturais implantado pelo Ibama - Instituto Brasileiro do

  
  

A criação da Reserva Extrativista Marinha do Batoque, localizada no Ceará e criada pelo presidente Lula na Semana do Meio Ambiente, consagra definitivamente o modelo de uso sustentável dos recursos naturais implantado pelo Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis para funcionar em áreas litorâneas.

A exemplo do que o CNPT/Ibama - Centro Nacional de Populações Tradicionais já desenvolve em outras doze reservas marinhas, a Resex - Reserva Extrativista do Batoque garantirá a conservação dos ecossistemas da região, a permanência definitiva das cerca de duzentas famílias de extrativistas nativos e o acesso sustentável aos produtos pesqueiros por sucessivas gerações.

Além das reservas marinhas, o CNPT criou e ajuda a administrar mais 24 resex em regiões de floresta, principalmente na Amazônia. A Resex do Batoque fica no município de Aquiraz, localizado a 45 quilômetros ao sul de Fortaleza. Abrange 601 hectares e caracteriza-se pela produção de pescado marinho.

Mensalmente, a reserva produz cerca de três mil quilos de peixes (cavala, pargo, etc) e crustáceos, sobretudo a lagosta. A produção de polpa do murici, uma fruta típica da região, e o artesanato de renda de bilro complementam a economia dos habitantes do Batoque.

A pesca de água doce e a produção agrícola servem apenas para a subsistência. O núcleo populacional que deu origem à comunidade começou na segunda metade do século XIX. Com o passar dos anos e o crescimento do interesse do setor turístico no Ceará, a região do Batoque começou a sofrer com a especulação imobiliária.

Um dos aspectos que aceleraram o movimento dos moradores tradicionais pela criação da reserva extrativista foi a intensa pressão imobiliária para a construção de pousadas, hotéis e resorts nas praias de grande beleza cênica da região.

No Brasil existem em funcionamento 30 reservas extrativistas, sendo 23 na Amazônia Legal. As demais estão distribuídas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Elas se dividem entre reservas extrativistas de recursos florestais e recursos pesqueiros.

Juntas, as resex somam 5 milhões hectares de áreas protegidas. Isso significa o equivalente ao Estado de Sergipe. Esse conjunto de reservas, estabelecido com a importante ajuda de organismos internacionais, é resultado de apenas onze anos de trabalho.

A primeira delas a surgir no mapa da conservação brasileira é emblemática: chama-se reserva extrativista Chico Mendes, localizada na região de Xapuri-AC.Foi criada dois anos após a morte do líder seringueiro, assassinado em dezembro de 1988 por defender os direitos dos povos da floresta. Chico Mendes é o símbolo máximo do movimento que resultou na criação das reservas extrativistas.

Fonte: Ibama

  
  

Publicado por em