Doença da vaca louca pode ter surgido na pré-história

O grupo de pesquisadores liderado pelo professor John Collinge estuda a herança e o código genético de proteínas sem ácido nucleico - que geralmente causam distúrbios no sistema nervoso - para a prevenção de doenças modernas.Segundo Collinge, a doença da

  
  

O grupo de pesquisadores liderado pelo professor John Collinge estuda a herança e o código genético de proteínas sem ácido nucleico - que geralmente causam distúrbios no sistema nervoso - para a prevenção de doenças modernas.Segundo Collinge, a doença da vaca louca e outras variações se desenvolvem quando proteínas sem ácido nucleico no cérebro dobram-se, encavalam-se e matam células.

Por outro lado, o estudo sugere que a deformação desses genes também pode prevenir a aparição de várias outras doenças.

Canibalismo

As pesquisas, no entanto, continuam sem conclusões definitivas sobre o motivo que teriam levado os ancestrais humanos a comerem uns aos outros.Mas duas variações de genes associados a essas proteínas evitam que essas doenças apareçam.

As pesquisas de Collinge encontrou essas variações em pessoas de todo o mundo - foram realizados mais de 2.000 testes em pessoas de diferentes etnias e culturas.

Normalmente, quando uma variante de um gene é mais dominante do que a outra, esta desaparece. Mas a continuidade sugere que o par tem outras funções e vantagens.

Além disso, é possível que, em determinado período da pré-história, os que possuíam as duas variações acabaram se disseminando, enquanto os outros acabaram padecendo.

Resposta

A vantagem da presença desse par é ainda incerta. Mas, segundo Collinge, a explicação pode estar numa tribo da Nova Guiné.Uma tribo da Papua, que tinha como tradição comer as pessoas que morriam, passaram a padecer de uma doença semelhante, chamada kuru.

O professor acredita que epidemias similares, mas numa escala mundial, possam vir a aparecer por causa da prática do canibalismo pelos primatas na pré-história.

"Estamos tentando entender a base genética dessas doenças e por que algumas pessoas as desenvolvem antes de outras", afirmou ele à BBC.

Fonte: BBC

  
  

Publicado por em