A obra `Tajetória e Fundamentos da Educação Ambiental` enfoca a ação coletiva na esfera pública

Nesta obra inovadora o autor traz reflexões sobre a Educação Ambiental no Brasil e seus efeitos nas esferas pública e educacional. Resgata conceitos estruturantes das pedagogias críticas e emancipatórias, esclarecendo os pontos centrais da Educação Ambien

  
  

Nesta obra inovadora o autor traz reflexões sobre a Educação Ambiental no Brasil e seus efeitos nas esferas pública e educacional. Resgata conceitos estruturantes das pedagogias críticas e emancipatórias,
esclarecendo os pontos centrais da Educação Ambiental que busca de modo indissociável a transformação das condições objetivas e subjetivas de existência.

Ao problematizar, com riqueza de exemplos e rigor científico, as tendências que diluem os aspectos políticos e socioculturais inerentes à complexidade ambiental, torna-se uma obra indispensável ao fazer educativo voltado à participação cidadã, à ressignificação de nossa inserção na natureza, à transformação societária e à concretização da Educação Ambiental enquanto política pública de caráter universal.

A obras por: Philippe Pomier Layrargues — Diretoria de Educação Ambiental/ Ministério do Meio Ambiente.

Tudo leva a crer que a educação ambiental só apresentará resultados coerentes se incorporar em seu fazer cotidiano a completa contextualização de complexidade ambiental.

Para isso, é imperativo o envolvimento das dimensões social, econômica, política, ideológica, cultural e ecológica do problema ambiental, em suas conexões territoriais e geopolíticas, promovendo leituras relacionais e dialéticas da realidade, provocando não apenas as mudanças culturais que possam conduzir á ética ambiental, mas também as mudanças sociais necessárias para a construção de uma sociedade ecologicamente prudente e socialmente justa; incentivando não apenas a ação individual na esfera privada, mas também a ação coletiva na esfera pública.

Definitivamente, esta obra estabelece uma fronteira:não só entre as características que delimitam os diferentes modos de fazer educação ambiental voltados á mudanças ou á estabilidade social;mas também na produção de conhecimento no campo de educação ambiental, que adquire as condições apropriadas para conquistar seu estatuto de maioridade, deixando as postras ingênuas que não dialogam com as condições sociais nas páginas do passado.

Serviço:

Lançamento : 26 de maio de 2004 – a partir das 19 horas

Local: Livraria do Museu da República-Rua do Catete, 153 – Cadete – Rio de Janeiro

Mais Informações: (21) 2205-0603

Fonte: MGA Comunicações

  
  

Publicado por em