Estudantes participam de reflorestamento do Itapiracó / MA

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente está reflorestando parte da Área de Preservação Ambiental do Itapiracó

  
  

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente está reflorestando parte da Área de Preservação Ambiental do Itapiracó com a plantação de mudas de árvores nativas e plantas que se adaptam ao clima da Ilha de São Luís. Nesta segunda-feira (09), cerca de 700 estudantes de escolas localizadas no entorno da reserva do Itapiracó e educadores de escolas públicas do ensino fundamental, Batalhão de Polícia Ambiental, professores e alunos do Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma) participaram ativamente do projeto.

“Esse trabalho de educação ambiental com as crianças é fantástico, elas são grandes agentes multiplicadores, levam a informação para os pais em casa, para os colegas e para toda a vida”, disse a secretária de Estado de Meio Ambiente, Telma Thomé Travincas.

A área em reflorestamento tem 20 hectares. Durante toda a manhã de segunda-feira foi feito um mutirão para plantar mudas de Ipê Rosa, Ingá, Nim Indiano, Cajueiro e Jatobá.

Ana Carolina, de 9 anos, ficou emocionada com a importância do trabalho que estava realizando. “Eu adoro plantar, e agora sei que estou ajudando a Ilha de São Luís e até o planeta terra a respirar melhor plantando essas mudas”, ressaltou a aluna da Escola Passaporte.

A professora Maria Aparecida da Escola Municipal Parque Vitória destacou que o trabalho de conscientização de preservação do meio ambiente já vem sendo aplicado em sala de aula e a prática também é importante para as crianças. “Aqui, as crianças não só recebem a informação, elas estão plantando essas mudas, que vão virar árvores e estarão aqui para sempre, elas aprendem que os recursos naturais são finitos e por isso devem ser preservados”, ressalta a professora.

O projeto integra também o trabalho de educação ambiental e envolve pesquisa científica com os universitários dos cursos de Engenharia Ambiental e Biologia. “Os alunos precisam desse contato com o campo para pesquisa científica e para a própria vivência profissional”, declarou a professora de Engenharia Ambiental, Tereza Curty.

Histórico - Criada pelo Decreto Estadual de número 15.618/97, no município de São Luís, com uma área total de 322 hectares, a Área de Preservação Ambiental do Itapiracó abrange vegetação remanescente de Floresta Pré-Amazônica, representada por Angelim, Andiroba, Bacuri e muitas outras. Além de representar abrigo à fauna e à flora nativas, a área representa importante papel na manutenção do microclima da Ilha de São Luís.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente tem realizado uma série de intervenções para promover a revitalização da área e oferecer infraestrutura adequada às atividades educacionais, recreativas e ambientais para a população de São Luís.

Fonte: Secretaria de Turismo do Estado do Maranhão

  
  

Publicado por em