Parque Ambiental Família Schürmann é modelo de preservação e educação ambiental

Experiência adquirida durante 20 anos de viagens em todo mundo contribuiu para que iniciativa seja referência em todo o país. Espaço, localizado em SC, conta com trilha ecológica, centro de pesquisas, estação de tratamento de água, entre outras atrações.

  
  

Experiência adquirida durante 20 anos de viagens em todo mundo contribuiu para que iniciativa seja referência em todo o país. Espaço, localizado em SC, conta com trilha ecológica, centro de pesquisas, estação de tratamento de água, entre outras atrações.

Levar uma mensagem de ecologia é fácil, mas colocar o aprendizado em prática é sempre um desafio. Foi pensando nisso que o Instituto Família Schurmann decidiu construir um Parque Ambiental.

Localizado em uma área de 30 mil metros quadrados na cidade balneária de Bombinhas, litoral catarinense, o Parque Ambiental Família Schurmann nasceu com o objetivo de levar à comunidade, escolas e turistas de todo Brasil a importante mensagem da preservação do planeta água, ensinando um pouco sobre as culturas e tradições por onde os Schurmann passaram.

Logo que chegam ao parque, os visitantes iniciam uma caminhada na trilha ecológica, diferenciada pela vegetação típica da Mata Atlântica, que abriga animais como macacos, gambás, lagartos, canários-da-terra, joões-de-barro, sabiás e tucanos; além da vegetação arbórea rica em espécies de bromélias, canelas, orquídeas, cedro, samambaias, imbaúbas (conhecida como árvore protetora das formigas), palmiteiros, gupuruvus, figueiras, araçás e diversas árvores frutíferas.

Depois de alguns minutos percorrendo a trilha, em uma obra totalmente integrada á natureza, os visitantes têm acesso à sede do Instituto, onde encontram as seguintes atrações:

Centro de Pesquisa e Educação Ambiental – Laboratório de pesquisas com microscópios, salas de estudos monitorados por oceanógrafos e biólogos marinhos para a preservação da costa e dos mangues, observatório de pássaros, oficinas de reciclagem e sala com computadores disponíveis para desenvolvimento de projetos de educação ambiental.

Nesse espaço serão realizados com as escolas locais e de todo o Brasil um trabalho de preservação que aborda temas de conhecimentos gerais sobre a costa marítima, estudo da água e flora local, entre outros.

Espaço Cultural de Exposições – Há muita cultura e informação neste ambiente. Para começar, o Álbum de Família com fotos da vida e do dia-a-dia da Família Schurmann no veleiro Aysso. Em seguida, é possível mergulhar na exposição fotográfica, mais de cinqüenta fotos dos principais países e ilhas visitados. Para aprender um pouco sobre a vida do outro lado do mundo, há uma exposição de diversas peças artesanais, roupas, instrumentos musicais e acessórios.

Auditório – Local climatizado, com sistema de áudio e vídeo. Neste ambiente, os visitantes poderão assistir a filmes sobre as viagens da Família Schurmann e vídeos documentários sobre os oceanos, animais marítimos, natureza, etc. Esse ambiente também será aberto para a realização de eventos, palestras e teatros para integrar as pessoas a atividades culturais.

Estação de Tratamento de Efluentes – Um sistema internacional de tratamento de esgoto que recicla toda a água utilizada no Parque, tornando-a 98% pura. Toda a água dos vasos dos banheiros, manutenção e da irrigação das plantas é reutilizada. Uma iniciativa que contribui para a preservação do ambiente e serve de exemplo para futuras obras ou empreendimentos desenvolvidos no país.

Adventure House – A loja é diferenciada pelos produtos exclusivos. Os visitantes encontram desde peças com conceitos de aventura, roupas da grife Schurmann, relógios e acessórios interessantes de alguns países como, por exemplo, o Tahu – uma espécie de amuleto da sorte dos Maoris da Nova Zelândia feito de ossos dos animais ou pedra jade. Há outra sede da loja na cidade de Ilhabela, litoral norte de São Paulo.

Moai Café – Café temático baseado na história dos Moais, enigmáticas estátuas da Ilha de Páscoa. Para completar o ambiente, o cardápio oferece delícias como a torta Rangiroa com ameixa e coco queimado, a torta holandesa da região, drink´s exóticos e o famoso Café Moai, um cremoso café com chantily e canela.

Geração de empregos

Foram empregadas mais de 50 pessoas da região para construção e desenvolvimento da obra e as empresas do estado de Santa Catarina foram beneficiadas com a compra de materiais e utilização de serviços. Mais de 20 pessoas foram contratadas para a manutenção e administração do parque. Para os estudantes, foram abertas vagas de estágio, que contribuirão para a formação dos adolescentes da comunidade.

Construção sem Impacto Ambiental

Um dos principais desafios do planejamento deste projeto foi não causar impacto ambiental. Com a orientação de biólogos e ocenanógrafos, toda a obra do Instituto e do Parque foi realizada sem abertura de passagem para caminhões ou veículos de tração. O chão, o telhado e as paredes foram moldados de modo que as árvores e rochas que habitavam o local da construção pudessem ser preservadas. Dentro do Instituto é normal avistar árvores no meio da arquitetura e a pintura externa é verde que se integra com a mata.

Turismo

O Parque Ambiental Família Schurmann e o Instituto irão contribuir de maneira positiva com o turismo local. Bombinhas é uma das regiões mais belas de Santa Catarina e contará com o apoio do projeto para a limpeza, estudo e segurança.

Serviço:

O parque estará também aberto a visitação pública durante todo o ano. Como é um Instituto sem fins lucrativos e auto-sustentável, o local cobra um valor simbólico de entrada de R$ 3,00. Como já é tradição da Família Schurmann, parte da renda será doada ao financiamento de projetos de preservação do meio ambiente marinho.

Diversas parcerias e colaboradores fizeram parte deste sucesso que, com certeza, será referência nacional e internacional. A doação de uma área com mais de 30 mil metros quadrados para a construção do Instituto e Parque é um exemplo desta participação. Confira as principais empresas que acreditaram e investiram no projeto:

Tigre, pioneira no segmento de construção, doou todo o equipamento utilizado na estação de tratamento de efluentes.

Itautec, líder na área de desenvolvimento de informática a empresa doou computadores que serão utilizados no Centro de Pesquisa e Educação Ambiental e no pórtico de entrada do Parque.

Giroflex, participou com a doação de equipamentos para o auditório, administração e o Centro de Educação Ambiental.

York, conhecida pela diversificação no ramo de condicionadores de ar, a empresa contribuiu com o fornecimento dos aparelhos.

Brafer, doou toda a estrutura metálica e instalação da passarela que dá acesso ao Parque Ambiental.

Mais Informações:

Instituto Família Schurmann Parque Ambiental

Av. Vereador Manuel José dos Santos, SN

Praia do Ribeiro – Bombinas – SC

Mais Informações (47) 393.7112

Fonte:Gabriela Tocchio

  
  

Publicado por em

S.l.

S.l.

26/10/2008 18:24:43
good job mrs. Tocchio