Embrapa apresentou tecnologias de cultivo de cogumelos em evento na Amazônia

Os cogumelos são alimentos muito nutritivos - com quantidade de proteínas quase equivalente a da carne e acima de alguns vegetais e frutas, ricos em vitaminas e carboidratos, e com baixo teor de gordura. Além disso, suas propriedades medicinais vêm se

  
  

Os cogumelos são alimentos muito nutritivos - com quantidade de proteínas quase equivalente a da carne e acima de alguns vegetais e frutas, ricos em vitaminas e carboidratos, e com baixo teor de gordura.

Além disso, suas propriedades medicinais vêm sendo investigadas desde a década de 70, especialmente no Japão, China, França e Estados Unidos, e hoje já se sabe que podem ser importantes aliados no tratamento complementar de muitas doenças que afligem a humanidade, como câncer, lupus, HPV (Vírus do Papiloma Humano) e até AIDS, já que estimulam o sistema imunológico.

Em 1996, a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 40 unidades de pesquisa da Embrapa, localizada em Brasília, DF, adaptou para o Brasil uma técnica chinesa capaz de intensificar e baratear a produção de cogumelos comestíveis, já que substitui os meios de cultivo tradicionais (troncos de árvore ou serragem) pelo uso de substrato de capim, junto com outros nutrientes.

A técnica, conhecida como Jun Cao (Jun= fungo Cao=gramínea), permite que o cultivo de cogumelos seja muito mais econômico e ambientalmente mais saudável, além de contribuir para ampliar os mercados consumidores.

Essa técnica será apresentada na Amazontech – Novos Rumos para a Ciência, Tecnologia e Negócios Sustentáveis, que aconteceu entre os dias 24 e 27 de setembro, em Manaus, AM.

O Banco de Germoplasma de Cogumelos para Uso Humano da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia conta atualmente com cerca de 200 espécies/linhagens de interesse alimentar e medicinal, incluindo: Oudemansiella canarii e Lentinus edodes (shiitake); Pleurotus ostreatus (shimeji ou hiratake) e Pleurotus ostreatoroseus (cogumelo salmon); Pleurotus flabeliforme; Flammulina velutipes (talo veludo); Hericium erinaceus (macaco branco); Auricularia auricula e Auricularia polytricha (orelha de judeu); Pleurotus erigii; Ganoderma lucidum (cogumelo rei).

Mas a pesquisadora Arailde Urben, líder das pesquisas de cogumelos comestíveis e medicinais na Unidade da Embrapa, e sua equipe continuam trabalhando para enriquecer o banco e, para isso, realizam coletas periódicas de cogumelos pelo Brasil. Já foram realizadas coletas em Roraima, Paraná, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro, Bahia e Amazonas.

Além disso, a pesquisadora enfatiza que ainda há muito a ser feito para a divulgação dos cogumelos no país. `É importante que a população conheça os benefícios desses alimentos para a nutrição e a saúde e passem a incluí-los em sua dieta alimentar`, afirma.

Fonte: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

  
  

Publicado por em