Empresa brasileira adere ao Chicago Climate Exchange

A Klabin assinou na quarta-feira (10/3), nos Estados Unidos,carta de adesão para integrar o Chicago Climate Exchange (CCX), organização internacional de intercâmbio de emissões de gases geradores de efeito estufa. Com isso, a Klabin torna-se a primeira e

  
  

A Klabin assinou na quarta-feira (10/3), nos Estados Unidos,carta de adesão para integrar o Chicago Climate Exchange (CCX), organização internacional de intercâmbio de emissões de gases geradores de efeito estufa. Com isso, a Klabin torna-se a primeira empresa brasileira a participar do seleto grupo de, a partir de agora, 52 instituições integrantes do CCX, e habilita-se a vender créditos de carbono para empresas integrantes da organização que necessitem tomar medidas para redução e controle de gases causadores do aquecimento global.

“A Klabin é uma empresa comprometida com o desenvolvimento sustentável, e nos unirmos ao CCX é mais um grande passo, inédito para uma companhia brasileira, que demonstra nossa preocupação histórica com o meio ambiente, postura cada vez mais reconhecida internacionalmente”, afirma o diretor de Recursos Estratégicos da Klabin, Reinoldo Poernbacher.

“Nós estamos extremamente satisfeitos com a decisão da Klabin de se tornar um membro da CCX, principalmente pela experiência que a empresa trará para organização”, afirma Richard L. Sandor, diretor e CEO do CCX.

“O Brasil é um integrante muito importante do CCX e sua participação por meio de uma companhia como a Klabin nos ajudará no objetivo de realizar negociações com outros países.”

A Klabin foi assessorada pela Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS), instituição sem fins lucrativos que tem como principal atividade a prestação de serviços na área ambiental, fornecendo auxílio técnico e logístico para empresas que pretendem submeter projetos à consideração ou registro do CCX.

Sobre a Klabin:

Klabin é a empresa líder no Brasil na fabricação de papéis para embalagens (kraftliner) e embalagens de papel (caixas de papelão ondulado e sacos multifolhados). A capacidade de produção anual da empresa é de 1,5 milhão de toneladas.

Cerca de 1/3 do volume de vendas é exportado para mais de 50 países. A empresa possui 186 mil hectares de florestas plantadas de pinus e eucalipto, e 123 mil hectares de florestas nativas preservadas, onde Fauna e Flora são estudadas por pesquisadores.

A Klabin foi a primeira companhia das Américas do setor de papel e celulose a receber a certificação do FSC (Forest Stewardship Council), mais respeitada organização internacional de apoio à utilização social, ambientalmente correta e economicamente viável de florestas.

Foi também a primeira companhia do mundo a ter produtos florestais não-madeireiros certificados pelo FSC, devido ao manejo de plantas medicinais e cadeia de custódia de fitoterápicos e fitocosméticos.

Sobre o CCX:

Chicago Climate Exchange,® Inc. (CCX®) é uma bolsa auto-regulada que opera o primeiro mercado multi-nacional e multi-setorial para a redução e comércio de emissões de gases causadores do efeito estufa.

CCX representa o primeiro compromisso legal de um grupo de companhias, municípios e outras instituições para estabelecer regras para o funcionamento de um mercado para a redução de gases causadores do efeito estufa . CCX possibilita que membros negociem créditos para determinar a maneira mais eficiente para atingir o compromisso de redução da Bolsa.

Fonte: Ass. Imp. Imagem Corporativa da Klabin

  
  

Publicado por em