Viaje quase de graça com Milhas Aéreas

Notícias > Ambiente > 

Empresas do Pólo Petroquímico do Grande ABC lançam campanha `Não solte balões`

Pelo quarto ano consecutivo, 10 empresas que compõem o Pólo Petroquímico do Grande ABC – único da região Sudeste, localizado entre Santo André e Mauá – lançam a campanha ‘Não solte balões” para conscientizar a população e educar as

6 de Maio de 2003.
Publicado por Equipe EcoViagem  

Pelo quarto ano consecutivo, 10 empresas que compõem o Pólo Petroquímico do Grande ABC – único da região Sudeste, localizado entre Santo André e Mauá – lançam a campanha ‘Não solte balões” para conscientizar a população e educar as crianças no sentido de não fabricar ou soltar balões.

‘Soltar balão é crime’ é o slogan da campanha, que será lançada oficialmente dia 10 de maio, às 11h, com um simulado de queda de balão e combate a incêndio no Centro de Treinamento da Refinaria e Capuava/Petrobras, com a presença do Corpo de Bombeiros do Grande ABC e de técnicos de segurança industrial que compõem as Brigadas de Emergência das empresas.

O simulado deverá durar 40 minutos e vai envolver cerca de 30 bombeiros, profissionais e industriais e 12 viaturas de combate a incêndio. Além dos profissionais, estarão presentes diretores das empresas do Pólo, moradores do entorno e representantes da sociedade civil.

O principal objetivo com a campanha é conscientizar a população sobre os riscos que a queda de um balão pode trazer às indústrias, às matas e às residências.

“O mais importante da campanha do balão é preservar as instalações das indústrias e a vidas das pessoas.Nossas empresas têm todo aparato de segurança para evitar incidentes, mas o balão é um evento que não podemos controlar e, se cair, pode causar desdobramentos sérios”, enfatiza Arnaldo Joaquim Ferreira Jr, coordenador do Grupo de Sinergia do Pólo Petroquímico do Grande ABC (que reúne os principais executivos das indústrias do Pólo) e gerente da Unidade Industrial de Mauá da Oxiteno.

No ano passado, como resultado do trabalho educativo da campanha Não solte Balões, houve redução de 80% no número de balões caídos nas empresas do Pólo (em 2001 foram 113 balões e em 2002 foram 22 balões).

Apesar de ser lançada com um simulado para o
público adulto, as principais ações da campanha são educativas e visam atender as crianças de 7 a 14 anos, estudantes de 21 escolas estaduais e municipais localizadas no entorno do Pólo.

As crianças de 7 a 10 anos vão assistir a um teatro de fantoches sobre o tema e, para conscientizar, homens do Corpo de Bombeiros do Grande ABC apresentarão peça teatral sobre o perigo provocado pelos balões e os estudantes participarão de concurso de artes.

As três escolas vencedoras ganharão um computador com impressora e cada aluno receberá medalha e prêmio individual.Também serão distribuídas 150 mil cartilhas para crianças com informações didáticas a respeito dos riscos de soltar balões.

CRIME AMBIENTAL :

Soltar balão é crime desde 13 de fevereiro de 1998, quando foi aprovada a lei 9.605, artigo 42, que diz:“fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndio em florestas e demais formas de vegetação, em área urbana ou qualquer tipo de assentamento humano, é crime ambiental que prevê pena de três anos de detenção e multa”.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Grande ABC, em 2002 aconteceram 18 ocorrências de incêndios provocados por balões na região. Além disso, os balões que caem apagados também causam transtornos aos bombeiros e à população, porque podem atingir a rede elétrica e provocar acidentes fatais às pessoas que tentarem resgatá-lo.

Os balões são uma das únicas formas externas de as empresas do Pólo sofrerem risco, porque se caírem acesos em áreas de tanques de armazenamento de combustível, em especial os grandes balões, compostos de cangalhas com explosivos, podem provocar incêndio. Para evitar os riscos, as empresas desenvolvem inúmeras ações preventivas e também possuem brigadas de segurança e profissionais altamente qualificados para situações de emergência, além de realizarem constantes treinamentos e simulados de combate a incêndio.

SIMULADO COM QUEDA DE BALÃO E COMBATE A INCÊNDIO :

Centro de Treinamento da Petrobras/Refinaria de Capuava

Avenida Alberto Soares Sampaio, 1740, Mauá-SP

Dia 10 de maio – 11 horas

Fonte: Companhia de Imprensa

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários


 

Veja também

Projeto RM Ambiental visa aproximar empresas e instituições ambientaisSeminário discute hoje co-gestão de parques no Estado de São Paulo

 

editar    editar    editar    783 visitas    0 comentários