Encontradas bactérias vivas em gelo de 120 mil anos

Pesquisadores norte-americanos descobriram milhões de micróbios vivos dentro de amostras de gelo de 120 mil anos, retiradas 3 mil metros abaixo da superfície, em uma geleira da Groenlândia. O achado, que para os estudiosos, ajuda a definir os limites

  
  

Pesquisadores norte-americanos descobriram milhões de micróbios vivos dentro de amostras de gelo de 120 mil anos, retiradas 3 mil metros abaixo da superfície, em uma geleira da Groenlândia.

O achado, que para os estudiosos, ajuda a definir os limites da vida na Terra e suas chances em outros planetas, foi apresentado esta semana na Reunião Geral da Sociedade Americana de Microbiologia, em Nova Orleans.

A maioria dos micróbios retirados do fundo da geleira é bem menor do que a maioria das bactérias. Os micromicróbios, como foram batizados, medem menos de 1 mícron. As bactérias comuns, de 1 a 10.

Os pesquisadores também têm indícios de que uma grande parcela de células era ainda menor e passou pelos filtros, com poros de 0,2 mícron.

Segundo um comunicado, os pesquisadores estão `interessados em entender como a vida microbiana pode ser preservada em camadas de gelo polar por centenas de milhares de anos, sob condições de estresse que incluem temperaturas abaixo de zero, dessecação, altas pressões e poucas concentrações de oxigênio e nutrientes.`

Fonte: AP


  
  

Publicado por em