Evento reúne seis universidades de São Paulo para debater mobilidade urbana

São esperados estudantes e profissionais de arquitetura de diversas cidades do Brasil e também de outros países

  
  

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo – CAU/SP é o grande patrocinador do evento “A Cidade e o Jovem”, que vai discutir mobilidade urbana e arquitetura das megalópoles nos dias de hoje e no futuro.

O debate acontece de 11 a 20 de março, em seis diferentes universidades de São Paulo (Mackenzie, FiamFaam, Uninove, Belas Artes, Fundação Santo André e Escola da Cidade), e é uma realização da ONG Opção Brasil. A participação é gratuita.

São esperados estudantes e profissionais de arquitetura de diversas cidades do Brasil e também de outros países para participar das conferências e oficinas.

“Nosso objetivo é de que essa mistura de experiências estimule os participantes a refletirem sobre alternativas para um ambiente urbano mais inclusivo e conectado com temas atuais da sociedade.

Disseminar ideias sobre recuperação de áreas degradadas, sustentabilidade do território, preservação de patrimônios naturais, entre tantos outros temas”, diz Afonso Celso Bueno Monteiro, presidente do CAU/SP.

A revitalização de Puerto Madero, em Burnos Aires, na Argentina, a transformação urbanística da cidade de Medellin, na Colômbia, e o que tem para nos ensinar a histórica cidade inca de Cusco, no Peru, são alguns dos temas das conferências que serão apresentadas por palestrantes estrangeiros.

Nas oficinas que serão realizadas durante o evento, os participantes terão a oportunidade de visitar Paranapiacaba, em Santo André, e também aldeias de índios Guarani, em São Paulo. Além de ter contato com maquetes em 3D, entre outros experimentos.

“Pessoas de diferentes lugares e realidades distintas estarão reunidas para compartilharem de que maneira enxergam as mesmas coisas, mas de ângulos diferentes.

Como resultado, ampliarão seus conhecimentos. E levarão isso à sociedade por meio de soluções inovadoras, mostrando a importância da arquitetura e do urbanismo para a melhoria da qualidade de vida da população”, conclui Monteiro.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Marco Berringer

  
  

Publicado por em