Prefeituras são essenciais para Rio+20

Responsáveis por 98% das empresas formais no país, os micro e pequenos negócios têm papel fundamental para dinamizar a economia das cidades

  
  

A atuação dos prefeitos e gestores municipais é primordial para o Brasil atingir os objetivos desejados com a Rio+20, conferência que vai reunir dezenas de chefes de estado entre os dias 20 e 22 de junho, no Rio de Janeiro.

Em apresentação durante o Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, na quarta-feira (28/3), em Brasília, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, destacou que a questão deve ser pensada e colocada no dia a dia a partir da base.

“Só é possível fazer transformações se tivermos uma aliança concreta com quem toma decisão na esfera local. A solução dos novos caminhos que precisamos buscar passa pelos municípios”, afirmou a ministra.

O encontro, promovido pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), com apoio do Sebrae e do governo federal, é importante, segundo a ministra, para que os gestores se sintam responsáveis por mudar e enfrentar os desafios do desenvolvimento sustentável.

“É complicado colocar o assunto na pauta dos agentes, porque você exige sacrifícios agora que só trarão benefícios daqui a 20 ou 30 anos”, considerou.

Segundo a ministra, é impossível fazer uma avaliação dos dados e dos indicadores de cada município sem apoio dos prefeitos. “Um dos maiores desafios está na coleta seletiva, tarefa em que eles podem ajudar”, exemplificou.

Segundo o presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, João Coser, o encontro vai gerar um documento que será divulgado durante a Rio+20, uma carta dos municípios pelo desenvolvimento sustentável.

Vocações

Responsáveis por 98% das empresas formais no país, os micro e pequenos negócios têm papel fundamental para dinamizar a economia das cidades. Em palestra sobre as oportunidades para o segmento, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, destacou que os prefeitos são importantes para incentivar o empreendedorismo em seus municípios.

O secretário de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Humberto Luís Ribeiro da Silva, reforçou que os prefeitos devem ficar atentos às vocações da economia local.

O encontro, realizado no Centro de Convenções Brasil 21, se propos a discutir formas de levar aos municípios uma agenda propositiva de desenvolvimento local sustentável para auxiliar na diminuição da miséria, tendo como base os pequenos negócios.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Sebrae

  
  

Publicado por em