Rio de Janeiro sediará o 8º Congresso Interamericano de Conservação em Terras Privadas

Contará com oficinas que visam divulgar as melhores-práticas para conservação da biodiversidade em terras privadas, relacionando-a a temas como ecoturismo, concessões florestais e serviços ambientais

  
  

Considerado o maior evento do gênero nas Américas, o 8º Congresso Interamericano de Conservação em Terras Privadas acontece pela primeira vez no Brasil, de 10 a 12 dezembro, no Othon Palace, Rio de Janeiro, espera reunir mais de 500 empreendedores e ambientalistas de todo o continente.

O evento, uma promoção da Aliança de Redes Latino-Americanas de Conservação Privada, é organizado pela Associação Patrimônio Natural do Rio de Janeiro (APN), pela Confederação Nacional de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (CNRPPN), pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF/RJ), pelo Instituto BioAtlântica (IBio) e pela The Nature Conservancy (TNC).

"O Congresso é uma oportunidade única para os brasileiros conhecerem as formas como pessoas, empresas e organizações de cada um desses países estão protegendo a biodiversidade de forma economicamente viável", comenta Alexandre Martinez, membro da comissão organizadora do evento, coordenador da Aliança e presidente da CNRPPN.

Temas importantes relacionados à conservação em terras privadas serão amplamente debatidos em palestras como: "O papel dos governos e as políticas públicas para a conservação em terras privadas", que terá a participação de especialistas e técnicos do Ministério do Meio Ambiente brasileiro e da Comissão Centro-Americana de Ambiente e Desenvolvimento; "Negócios e conservação em terras privadas: financiando os sonhos", que trará as experiências conservacionistas da Costa Rica, em ecoturismo, e da Colômbia, em pecuária; "O papel da conservação em terras privadas", que debaterá os serviços ambientais prestados pelas reservas particulares; e "A conservação corporativa, a conservação familiar e a conservação comunitária: três mundos que se completam ou que competem entre si?", que trará exemplos do setor florestal na Mata Atlântica brasileira e iniciativas de conservação comunitária no Peru.

O evento também contará com oficinas que visam divulgar as melhores-práticas para conservação da biodiversidade em terras privadas, relacionando-a a temas como ecoturismo, concessões florestais, conservação com agricultura e agropecuária, serviços ambientais em reservas privadas, conservação corporativa e conservação comunitária. Haverá, ainda, uma mesa-redonda sobre a iniciativa ibero-americana de desenvolvimento da conservação privada e custódia de território.

Serviço:

8º Congresso Interamericano de Conservação em Terras Privadas

Data: 10 a 12 de dezembro de 2008

Horário: 8h30 - 18h30

Local: Rio Othon Palace Hotel - Av. Atlântica, 3264 - Copacabana -Rio de Janeiro/RJ

Fonte:Lead Comunicação

  
  

Publicado por em