São Paulo sedia a Intersolar South America, maior evento sobre energia solar do mundo

O objetivo da feira e conferência é promover ainda mais o crescimento sul-americano no setor e impulsionar a interligação da rede de negócios solares.

  
  

De 18 a 20 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, será realizada pela primeira vez a Intersolar South America, evento que coloca o Brasil e a América Latina na rota da principal série mundial de exposições do setor de energia solar, promovida há mais de 20 anos.

Cerca de 70 expositores dos campos de energia fotovoltaica e energia termossolar apresentam suas mais recentes tecnologias, produtos e serviços, vindos de mais de 13 países.

Paralelamente à feira, será realizada a conferência Intersolar South America, com 60 palestrantes e cerca de 600 participantes, onde serão discutidas tendências e avanços tecnológicos do segmento.

A vinda do evento Intersolar foi motivada pelo reconhecimento do setor de energia solar ao potencial dos mercados latino-americanos. Isto ocorre, principalmente, devido aos números crescentes de sistemas e à previsão de expansão para os próximos anos.

Em 2012, eram apenas 100 megawatts (MW) de sistemas fotovoltaicos instalados em toda a região. Em 2013, o número já é de 450 MW (estimativas da GTM Research). Em 2017, de acordo com o estudo, as novas capacidades irão aumentar significativamente e a capacidade total instalada para FV será de 13 gigawatts (GW).

Partindo do desenvolvimento impressionante que está se verificando em outros mercados globais, um estudo atual do Greenpeace prevê uma capacidade instalada para FV de 100 gigawatts (GW), até 2050.

Diante destas perspectivas, a Intersolar South America é a ocasião ideal para empresas mostrarem suas mais recentes tecnologias e se posicionarem antecipadamente nestes potenciais mercados.

O objetivo da feira e conferência é promover ainda mais o crescimento sul-americano no setor e impulsionar a interligação da rede de negócios solares.

Clima de otimismo entre os expositores:

No dia 18 de setembro, às 12h, a área de exposições da Intersolar South America abre pela primeira vez as suas portas. Cerca de 70 expositores das áreas de energia fotovoltaica (FV) e energia termossolar trazendo produtos e serviços originários de 13 países.

O que deixa os expositores da Intersolar South America otimistas são as oportunidades de desenvolvimento na região: ”A América Latina é um dos mercados emergentes mais importantes para o setor de energia solar e queremos participar desde o início do desenvolvimento deste mercado“, comentou Brian Armentrout, diretor de marketing da ReneSola, EUA, sobre a participação na feira.

O Brasil se encontra no centro das atenções: ”O mercado brasileiro é muito especial, com elevado fator de insegurança, mas também com um potencial extremamente elevado. Trata-se de um mercado emergente, que continua a crescer sem a ajuda do Governo e apesar do ambiente político desafiador“, disse Martin Drope, gerente de vendas da Fronius do Brasil.

Entre os produtos, tecnologias e serviços expostos na Intersolar South America deste ano, os maiores destaques serão as soluções de consumo interno para indústria e residências, e a tecnologia de produção de FV.

”Países como o Brasil têm praticamente todas as matérias-primas e a indústria para prover toda a cadeia de valor fotovoltaica em seus próprios países“, apontou Tirso Diaz, diretor de desenvolvimento de negócios da Meyer Burger Technology SA, da Suíça.

Na Intersolar South America, os especialistas poderão se informar no local sobre tecnologias e produtos que fazem sucesso internacionalmente, e que também podem ser aplicados na América Latina.

Expertise em tendências e tecnologias do mercado

O início da conferência será no dia 18 de setembro, às 9h, com uma sessão sobre ”Mercados FV Globais & Latino-Americanos“. No decorrer do dia estarão em foco as oportunidades de desenvolvimento nos diversos mercados, especialmente no Brasil.

No dia 19 de setembro, as sessões da conferência serão dedicadas ao desenvolvimento e financiamento de projetos de usinas fotovoltaicas, como também à tecnologia de produção FV.

No dia 20 de setembro, serão abordadas as perspectivas de eletrificação rural na América Latina. Durante o primeiro ”Fórum Fotovoltaico Latino-Americano“, representantes dos governos e associações industriais latino-americanas do setor se encontram para trocar opiniões sobre as condições políticas, oportunidades de cooperação no setor de energia solar e discutir estudos de casos atuais.

Um bloco adicional formam os eventos em torno do tema da energia termossolar no último dia da conferência. A sessão ”Perspectivas do Mercado Global, Regional e Brasileiro“ apresenta, na manhã do dia 20 de setembro, um panorama da economia global, em particular, dos mercados latino-americano e brasileiro, e suas oportunidades de desenvolvimento.

Na parte da tarde, os participantes da conferência podem se informar sobre o desenvolvimento da tecnologia termossolar e suas aplicações por meio da sessão ”Aplicações e Estudos de Caso“.

Serviço:

Intersolar South America

Data: 18 a 20 de setembro de 2013

Local: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, São Paulo, SP

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Evelina Fyskatoris

  
  

Publicado por em